4min. de leitura

Desperte do sono da bela adormecida com um beijo oferecido pela vida!

Tudo corria aparentemente bem. Seguíamos com nossos planos, sonhos, expectativas. Mas, repentinamente, fomos pegos de surpresa por um imprevisto ou uma má notícia. Enfim, levamos uma rasteira da vida!

Na hora em que as rasteiras da vida ocorrem, tomamos um choque e proliferam sentimentos de decepção, desespero e tristeza. A tendência natural é achar que permaneceremos para sempre caídos no chão, sem forças para levantar.


Mas, se observarmos bem, as rasteiras da vida servem para permitir que a gente enxergue as coisas de forma absoluta, para nos trazer de volta à realidade, para nos fazer despertar do sono da bela adormecida com um beijo literalmente oferecido pela vida! Como esse beijo é precioso e repleto de essência! Qualquer um pode ser feliz quando a situação é favorável, contudo faz-se necessário força d’alma e um coração valente para buscar o sorriso nas situações difíceis.

E pode acreditar: o sorriso sempre esteve, está e estará a sua espera!

Quando levamos uma rasteira da vida, a ilusão se desfaz como um castelo de cartas atingido pelo vento. Recuperamos a percepção de que as ilusões fizeram, fazem e farão parte da vida, mas que definitivamente somos capazes de sobreviver ao derradeiro cair de suas máscaras. Voltamos a constatar aquilo que sempre soubemos, mas teimamos esquecer: não podemos modificar o curso de algumas coisas, aquilo que as outras pessoas fazem e nem o que dizem e pensam a nosso respeito.

Mas é possível mudar a maneira como reagimos a esses acontecimentos, bem como escolher quem deve ficar ao nosso lado.

Com os tropeços, aprendemos a levantar. Com as quedas, adquirimos experiência. Com as lições da vida, muitas delas difíceis de encarar e digerir, somos forçados a sair do piloto automático e da zona de conforto. Voltamos a perceber a dinamicidade, o movimento, a energia que nos envolve, diariamente, bem como a prestar mais atenção ao caminho que estamos trilhando.


Aproveite esses momentos para olhar para dentro de si, para prestar atenção aos detalhes, para se deleitar com aquilo que você não estava enxergando, para estender o tapete vermelho para a verdade passar com toda a plenitude e a majestade. Essa verdade é o universo conspirando a seu favor, são os anjos te amparando, é Deus conversando com você!

Podemos nos espelhar nos ginastas, que treinam diariamente saltos ornamentais belíssimos e estudam como cair sem se machucar.


Assim, quando as rasteiras da vida ocorrerem, cairemos com jeito e certamente vamos nos surpreender com os saltos que somos capazes de fazer logo em seguida, a cada giro do caleidoscópio da vida.


Direitos autorais da imagem de capa: wallhere.com / 168067





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.