Pessoas inspiradoras

“Deus chegou em casa!”, diz avó ao receber alimentos doados ao neto autista, que pedia dinheiro na rua

Yonael é autista e não pode ficar exposto ao sol, mas devido à falta de dinheiro em casa, teve de ir às ruas pedir dinheiro para ajudar a avó em casa.



Todos os dias, somos “bombardeados” com dezenas de más notícias, mas você está prestes a conhecer mais uma daquelas iniciativas que enchem o nosso coração de esperança e fé na humanidade.

Essa história aconteceu no estado de Lara, na Venezuela, país que vive em profunda crise econômica, que transformou sua população numa das mais pobres do mundo. E é lá que vive o jovem Yonael e a sua avó, numa situação de extrema pobreza. Por conta da falta de dinheiro, o garoto se viu obrigado a sair às ruas para pedir dinheiro a fim de comprar alimentos e manter a humilde residência onde vivem.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Proyecto Sol Blanco.


Mas, como se não bastasse a situação de mendicância em que o garoto vive, que por si só já é de partir o coração, Yonael ainda enfrenta dois outros graves problemas.

Ele é autista, o que lhe provoca dificuldade de comunicação e interação social. Tal problema exige acompanhamento frequente por médicos e psicólogos que, por motivos óbvios, essa pequena família não tem como bancar.

Para piorar a situação, o garoto tem albinismo, motivo por que não poderia ficar exposto ao sol por longos períodos, situação que, claro, ele também não pode evitar, porque precisa arrumar o dinheiro para ele e a avó viverem.

Mas a história deles começou a mudar graças à iniciativa do “Projeto Sol Branco”, que divulgou a história do garoto e sua avó no Facebook. Na postagem, os voluntários do projeto falaram sobre a condição do garoto e pediram doações para a família, principalmente de alimentos, para que Yonael não precisasse mais pedir dinheiro nas ruas, pelo menos por alguns meses.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Proyecto Sol Blanco.

O grupo pedia a ação urgente de outros voluntários, porque Yonael e sua avó não podiam mais passar fome, da mesma forma como o garoto também não podia mais colocar sua saúde em risco. Contudo, a iniciativa deu certo. Apenas uma semana depois da postagem, o projeto fez uma nova postagem, agradecendo a solidariedade de um grupo de pessoas que doaram todo tipo de alimento de que a família necessitava.

Na legenda das fotos, que mostram o garoto ao lado dos sacos de arroz, macarrão e outros donativos, o projeto escreveu.

“Diz a Bíblia: ‘Se ajudares o pobre, emprestas ao Senhor, e ele vai pagar-te! Pois eu estava com fome e vocês me alimentaram. Estava com sede e me deram de beber’”, citaram os administradores da página.


De acordo com os voluntários, Deus foi justamente a primeira coisa que veio à cabeça da simples senhorinha ao ver todas as doações chegando à sua residência.

“Deus chegou em casa”, teria dito a idosa ao ver os voluntários da Paróquia Nossa Senhora das Américas, levando todos os alimentos para ela e o neto.

Mas as boas iniciativas não param por aí. Depois de garantir o alimento para a família, os voluntários ainda se comprometeram a continuar juntando doações, pois no futuro eles ainda querem assegurar os estudos do garoto e ainda dar uma casa nova para ele e a avó. Quanta solidariedade!

O que você achou da iniciativa desses voluntários?


Dê sua opinião nos comentários e não se esqueça de compartilhar esta matéria nas suas redes sociais.

Mulher doa cabelo para amiga com câncer: “Ainda existem pessoas que querem fazer o bem!”

Artigo Anterior

4 signos mais determinados: as dificuldades os tornam ainda mais fortes!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.