2min. de leitura

Deus não colocaria no nosso coração um sonho que fosse impossível de se concretizar, acredite!

Apesar dos medos, corremos atrás, lutamos com classe, para vencer com ousadia!

Ah, se o mundo fosse fácil, se o medo não existisse, e se?


Primeiro somos humanos, e humanos erram. Mas e se a gente só arriscasse sem medo de não dar certo, se tentar fosse o nosso lema e não desistir jamais? Como as coisas seriam diferentes!

O novo, ah, o novo! Sempre será novo e sempre dará medo.

Ruim seria se a gente não tentasse, se a gente ficasse esperando algo acontecer, enquanto nada fazemos.


Apesar dos medos, corremos atrás, lutamos com classe para vencer com ousadia. Afinal, a gente não sabe qual dessas tentativas será a que dará certo, não é verdade?

Medo… ah, o medo é humano! É normal. É aceitável.

O medo é a sensação do desconhecido, é a sensação do novo, do imprevisível, mas, acima de tudo, o medo é o frio na barriga, o suor das mãos, a tremedeira nas pernas.

Antes de dar certo, deu errado.


Antes de arriscar, você teve medo.

Antes de tentar, você quis desistir.

Mas o sonho era maior, e você resistiu.

Arrisque, tente e, se der medo, vá com medo mesmo!

Não deixe que o medo de errar o impeça de acertar! Vá à luta! Levante-se do sofá e corra atrás dos seus objetivos!

Deus não colocaria no nosso coração um sonho que fosse impossível de se concretizar, acredite!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: samurkas/123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.