Deus reconhece suas batalhas. Ele o honrará por cada uma delas!

Hoje eu vim falar com você sobre essas guerras que enfrentamos sem entender e o porquê de todas elas.



É importante você se lembrar de que nada é em vão no Senhor e que em cada batalha que vencemos em nossa vida, seja ela grande ou pequena, há um porquê, há algo sendo construído em nós e para nós.

Davi foi pajem do rei Saul por muito tempo e, em seus momentos de aflição, quando o mal lhe tocava a alma, Davi tocava a harpa e o mal se apartava de Saul.

A Bíblia diz que ele era corajoso, pastor de ovelhas e de gentil presença. Era apenas um menino aos olhos de todos, mas aos olhos do Senhor já era um guerreiro, porém não reconhecido como tal aos olhos humanos.


Deixe-me lhe dizer uma coisa: às vezes, somos referências para alguns; outras vezes, somos ignorados pela aparência, pela nossa forma de viver, nosso jeito de agir, falar e até nos vestir.

Quando Davi soube que Golias afrontava o povo de Israel e que todos o temiam por ser um gigante, ele se apresentou ao rei e se dispôs a lutar contra aquele que ameaçava o povo. O mais interessante nessa história é que Saul não se lembrou de que ele era aquele menino que tocava harpa.

Mas quando esse mesmo menino se encorajou a enfrentar Golias, ele não quis armas humanas, não precisou da ajuda de ninguém, ele não se vangloriou, apenas confiou naquEle que era com ele em toda e qualquer situação, e estrategicamente, com um estilingue, derrubou quem, por se achar grande e forte, causava terror no meio do povo de Deus.

Naquele momento, o rei Saul o reconheceu como um guerreiro.


Sabe o que eu aprendo com isso? Aprendo que o reconhecimento vem pelas lutas que vencemos.

Aprendo também que os gigantes que nos afrontam hoje, tentando nos fazer desistir, também nos preparam e que o tempo certo para todas as coisas chega para todos nós.

O que há de bonito em nós está além do nosso corpo físico, está na alma, naquilo que não é palpável, mas sentido por quem realmente nos ama como somos e sabe exatamente o valor que temos e a força que nos rege também.

 

Publicado originalmente em Cecilia Sfalsin.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.