Deveríamos florir o mundo em vez de arrancar suas flores!

5min. de leitura

A grandiosidade de uma pessoa está no caráter e em nada mais além disso. Deveríamos florir o mundo em vez de arrancar suas flores!

É tão comum ver pessoas com várias pedras nas mãos para atirar nos outros, com a língua afiada para falar mal do próximo, mas não o vemos estendendo a mão para ajudá-lo a ser melhor. O pior é aquele que se acha melhor porque acredita na ilusão que o faz caminhar colocando o outro como inferior.



A pior falta de caráter é a ausência de humildade e de pés nos chãos para entender que, querendo ou não, ninguém é melhor do que ninguém por posição social, quantidade de dinheiro ou seja lá pelo que for. A grandiosidade de uma pessoa está no caráter e em nada mais além disso.

Devemos aprender que é necessário guardar sorrisos e não mágoas; precisamos fazer o bem e não planejar o mal; temos que saber ajudar quem precisa, em vez de só ter palavras para pedir ajuda; precisamos rever nossos próprios conceitos em vez de perder tempo emitindo preconceitos.

Deveríamos florir o mundo e não lhe arrancar as flores! Mas tem gente que além de não plantar flores, prefere arrancar do jardim dos outros.

As pessoas não param para refletir sobre a própria vida e acabam ficando escravos de seus próprios medos, do ego, do orgulho e isso é o que está deixando o mundo cada vez mais sem cores, cada vez menos interessante. Cada vez menos!


As pessoas querem ser compreendidas, mas não sabem o que é compreender o outro. Todos gostam de dar a sua opinião sobre tudo, mas não aceitam uma opinião diferente porque são ignorantes a ponto de acharem que só a sua é a verdadeira e ponto. A falta de diálogo causa-nos várias perdas e a pior delas é a perda das pessoas; a ausência de humanidade torna-se a linguagem do século e isso é frustrante.

Muitos dizem: “Para conhecer uma pessoa, basta que lhe deem poder”.  Eu penso que não precisa ir muito longe para ver quem é uma pessoa, basta que seja contrária ao seu modo de pensar e veja como ela reage. As pessoas são tão autocentradas que não conseguem enxergar para além dos limites do seu próprio umbigo, querem ter asas para voar, mas as suas fronteiras são tão pobres que as fazem manter os pés estagnados no chão.

É difícil olhar para a humanidade e ver que está cada vez pior, e eu me pergunto: onde foi que nos perdemos? As manchetes, as notícias só alimentam ainda mais a minha indignação, mas eu sou toda esperança e tenha a certeza de que pessoas luz ainda existem porque as vejo e Deus em toda a sua bondade coloca muitas delas em meu caminho para me fazer seguir em frente, confiante e do lado daqueles que valem a pena.


Sei que ainda existem pessoas que além de plantar flores em seu jardim, também as plantam nos jardins dos outros.

Por isso, nem tudo está perdido, pois o que se perde é aquilo que não acreditamos. Acredito na fé, na esperança e em dias melhores e é isso o que me faz caminhar cantando a minha canção preferida: a da Fé, aquela que é capaz de transformar tudo à minha volta e de fazer meus olhos brilharem colorindo novas paisagens, enxergando pessoas luz e, acima de tudo, vivendo uma vida plena com um passado bonito, um presente surpreendente e um futuro promissor.

Eu acredito que tudo dará certo porque Deus me dá essa certeza. Ele está falando em meu ouvido e eu confio. Eu sei que Ele sempre tem o melhor para mim.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.