Dias Depressivos: Quem nunca os teve?



Quem nunca teve em sua vida aqueles dias nos quais a autoestima, autoimagem, amor-próprio, motivação, alegria… pareciam algo completamente inatingível?

Quem nunca acordou com vontade de não sair da cama para absolutamente nada?

Pois é, esses dias existem na vida da maioria das pessoas, especialmente mulheres… Mas o que fazer para reverter esse quadro?

Mesmo que sejamos pessoas saudáveis, sem patologias psíquicas, enfrentamos por vezes períodos tenebrosos onde não queremos nem mesmo acordar. Dormir, dormir e dormir é só o que queremos. Quando temos que levantar parece que roupa nenhuma serve, que o cabelo resolveu lutar contra você e que o espelho está lhe  pregando uma peça, só pode… nada parece bem para nós nesses dias… entramos num redemoinho de pensamentos que parecem nos afundar ainda mais.

Como podemos quebrar esse ciclo?

Primeiro é necessário entendermos o que acontece. Quando um gatilho mental dispara, inicia-se uma série de acontecimentos que seguem mais ou menos essa ordem:

1)  Pensamentos negativos ou destrutivos; 2) Sentimentos limitantes; 3) Comportamentos reativos destrutivos. Chamamos isso de diálogo interno.


Como quebrar esse ciclo e vencer esse estado?

1) Combata o pensamento ruim que está surgindo.  É necessário cortar o pensamento assim que ele surge. Não o alimente. Dê um nome à sua voz interior e converse com ela. Combata com argumentos. Se a voz diz: “Feia. Ninguém te quer.” Converse e diga todos os elogios que você já recebeu por ser/estar bonita. Veja fotos. Empodere-se. Não alimente o pensamento ruim, senão ele se transformará em sentimentos limitantes/incapacitantes.


2) Se você não conseguiu deter esses pensamentos ruins, você deve ter passado para o 2º nível, que são os sentimentos limitantes. Então combata com rigor tais sentimentos.  Os sentimentos são mais difíceis de serem combatidos, pois sua energia é muito maior do que as do pensamento. Porém, lute contra eles com inteligência. Nessa fase, a nossa fiosiologia (postura) normalmente já mudou. Estamos com ombros caídos, cabeça baixa, encolhidos, etc… MUDE A SUA POSTURA. A nossa postura é influenciada pelo nosso estado de humor, porém ela também influencia nosso humor. Ou seja, quanto mais decaído o nosso semblante, mais decaído o nosso humor. Lute contra. Erga os pulsos em posição de vitória, levante a cabeça, os ombros e permaneça algum tempo na mesma postura. Ponha uma música (músicas são âncoras poderosas) que levante seu astral e não permita que esse estado seja alimentado, senão ele se transformará em




3) Comportamentos destrutivos.  São comportamentos que nos levarão cada vez mais para o fundo do poço: isolar-se, comer demasiado, não comer nada, ouvir músicas baixo astral, e tantos outros piores que esses.

Mas se você chegou nesse ponto e está agindo destrutivamente, ainda há chance para você. Mude seu comportamento e aí mude seus sentimentos e então seus pensamentos.

Seja qual for a ordem que você usar, você pode conseguir transformar esses dias depressivos em dias iluminados. Nem sempre será fácil, mas será possível.

Lembro que esse passo a passo não substitui um profissional adequado se o seu caso for patológico, mas pode ser um aliado ao seu tratamento.

Mude sua mente e você conseguirá mudar a sua vida!

_________

Direitos autorais da imagem de capa: dundanim / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.