publicidade

Dicas científicas para superar um amor perdido:

Perder um grande amor doi e não é pouco. Por mais que tenha gente que veja isso como drama demais ou frescura, só quem já passou pela decepção de ver a pessoa amada ir embora sabe do que estamos falando. E até a dona ciência comprova isso: uma pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, identificou que ser abandonado pelo parceiro é tão doloroso como uma dor física.



Ok, nós entendemos que tomar um pé no meio da poupança doi, mas e aí? O que fazer quando toda essa dor surgir? Realmente, é difícil saber lidar com essa perda e seguir em frente. E é por isso que mais uma vez nós pedimos ajuda da nossa amiga ciência e trazemos algumas dicas dadas por ela para superar esse momento.

Confira quais são elas na sequência:

1. Livre-se do vício

Aquele desejo incontrolável de ainda estar com a pessoa e a enorme falta que ela faz estão ligadas a uma parte do cérebro chamada de núcleo accubens, onde também age a cocaína. É nessa região que se localiza a zona de recompensa, que faz com que o organismo sinta prazer e que causa vício.


Quem descobriu isso foi uma antropóloga e especialista em amor americana Helen Fisher. Ao longo de anos, ela trabalhou com imagens de cérebros e chegou à conclusão que o amor desperta as mesmas regiões que a cocaína no cérebro e que, por conta disso, é viciante assim como essas substâncias.

Bem, se esse sentimento age como uma droga, ele deve ser tratada como tal, não é mesmo? Assim, a dica da especialista é se livrar de tudo que lembre o passado com o amor perdido: fotos, cartões, cartas, e-mails, presentes. Também é aconselhado não procurar o moço nas redes sociais e muito menos fuçar o perfil dele. Vale até excluir o ex do Facebook por uns tempos para facilitar o processo.

2. Acabe com a obsessão

Jogar fora as lembranças e excluir o ex-amor das redes sociais pode até ser mais simples, mas e quando ele insiste em continuar nos nossos pensamentos? As sugestões do psicólogo da Universidade do Estado de Oklahoma, nos Estados Unidos são: lembrar das características da pessoa que não te agradavam nenhum pouco – até porque nessas horas parece que fica fácil se lembrar apenas das coisas boas que aconteceram – não se esquecer que um relacionamento só dá certo de verdade quando duas pessoas realmente querem que ele funcione, deixar a porta aberta para um novo amor e se manter ocupada.


Ou seja, não deixe que as recordações do passado tomem conta e parem a sua vida. Esforce-se para seguir em frente com a sua vida. Invista em si mesma, no seu trabalho e nos estudos, e aguarde as surpresas que o futuro te reserva.

3. Deixe o tempo passar

Depois de certo tempo do trauma de ser abandonada pelo grande amor – ou quem esperava que fosse – você certamente verá que as coisas terão melhorado, ao menos um pouco. Foi isso o que a antropóloga Helen Fisher verificou na mesma pesquisa feita com as imagens cerebrais.

Ela notou que depois de um tempo de terem ficado sem seus amores, as pessoas apresentavam uma atividade menor na região do cérebro relacionada à sensação de apego, que recebe o nome de palladium ventral.

É claro que não é simplesmente deixar o tempo passar que garante que a decepção irá magicamente embora. Ficar no pé do ex, reler as antigas mensagens de amor e ser obcecada por ele provavelmente não fará com que o decorrer dos meses surta muito efeito.

Por isso, não deixe de seguir as outras dicas que já mencionamos aqui e preste atenção nos outros conselhos dados pela antropóloga americana para compensar toda essa falta do antigo amor. Entre elas estão abraçar as pessoas próximas para aumentar os níveis do hormônio ocitocina – que deixa a pessoa mais relaxada – e praticar atividades físicas, que fazem com que a quantidade de dopamina – hormônio que oferece as sensações de prazer e recompensa ao organismo – aumentem no cérebro.

Fonte: Irresistível

Você já teve que passar ou está passando no momento por uma situação como essa?  Como faz para superar o amor perdido? Como foi o seu término? Comente abaixo.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.