4min. de leitura

Diferenças entre pessoas positivas e negativas

Existe uma grande diferença nos hábitos e pensamentos das pessoas positivas e  das negativas.

Vejamos algumas destas diferenças:


Obs: Nem sempre uma pessoa será somente negativa ou somente positiva, pois a vida é um ciclo de aprendizado e de evolução. Assim, todos nós temos tendências.

Pessoas Negativas

Pessoas negativas têm tendência:

  • A se irritar com mais facilidade;
  • Sofrer de stress (que, muitas vezes, se torna crônico ou quase constante);
  • Sofrer de dores musculares, devido a tensões;
  • Ter a mente desorganizada;
  • Ter níveis mais altos de cortisol;
  • Tendência a ter doenças, como depressão.

Quando temos tendência ao negativo, nossa mente, na verdade, está buscando padrões negativos em outras coisas. Assim, a pessoa negativa, enxerga no mundo muita desorganização; sendo isso, na verdade, reflexo de sua desorganização mental.


A negatividade (na desorganização da mente) sempre influencia nossa tensão, ativando fortemente nossa memória reativa, trazendo-nos impulsos de sobrevivência relacionados ao estresse. Em outras palavras, significa que a negatividade nos põe em posição de perigo, fazendo com que nossa resposta fisiológica também seja de fuga da situação.

Em uma conclusão, o estresse é uma reação ao perigo, e ainda que as situações estressantes não sejam entendidas como perigo, nossa mente reativa assim entende.



Pessoas positivas

Estas pessoas costumam ter padrões diferentes das pessoas negativas. Elas tomam atitudes diferentes, apesar de passarem pelas mesmas situações de estresse.

Veja as tendências das pessoas positivas:

  • Param e observam as oportunidades no meio das situações;
  • Procuram respirar antes de tomar decisões;
  • Costumam pensar abertamente;
  • São voltadas para as soluções do mundo, não para os problemas, e quando estes as abatem, elas sabem ter um olhar mais dinâmico e positivo sobre o que devem fazer e sobre a vida em geral.

Quando tomamos a decisão de ser positivos e encarar a vida de forma otimista, automaticamente, nós nos voltamos mais para dentro. Isso significa que sentiremos a necessidade de nos autoavaliar.

Desta forma, nós mudamos a nossa resposta fisiológica, que voltando-se mais para dentro, libera mais de acetilcolina, hormônio relacionado a processos de autoavaliação e análise.

Diante disso, uma pessoa que escolhe a positividade, consegue encontrar recursos em sua mente para ter seu estado nervoso bloqueado.  Isto é chamado, na PNL (programação neurolinguística), de estado mental cheio de recursos. E isso inclui mais autoconfiança, mais atenção a detalhes que importam, mais objetividade, entre outros adjetivos.

Para terminar, deixo uma reflexão:

Analisando os dois últimos dias passados, para qual lado pendemos mais? Para sermos negativos ou soubemos nos controlar? Existe em nossa vida a toxina do pensamento negativo?

Quando eu entro em uma situação difícil, eu me bloqueio por conta de pensamentos negativos? Ou eu sei respirar e entrar em um estado mental de recursos? Enfim, o que falta em mim para conseguir lidar com imprevistos e situações negativas de forma mais positiva?

Nesse mesmo pensamento, espero que você encontre as respostas que precisa para se tornar uma pessoa cada vez melhor para si. 


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: mheim301165 / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.