publicidade

Dinamarca compra os últimos elefantes de circo do país. Eles ganharam a liberdade!

A Dinamarca decidiu acabar com o cativeiro de animais selvagens e comprou os últimos quatro elefantes de circo do país. Agora eles terão uma aposentadoria digna!



Ir ao circo pode ser emocionante, quando se é criança, a alegria de ver pessoas fazendo coisas extraordinárias, como contorcionismos, malabarismos, encantamento de animais, tudo além da nossa compreensão. Apesar de algumas formas de apresentação serem impressionantes e requisitarem pessoas com habilidades especiais, a última delas esconde uma base um pouco sombria.

Alguns animais não são domesticáveis e não conseguem ser submetidos aos desejos do homem com tanta facilidade, muitas vezes, é preciso aplicar-lhe a tática do medo. Não que isso seja a tática usada por todos, mas muitos deles sofrem na rotina de viagens e apresentações de um circo.

Direitos autorais: reprodução.

Se esse é um argumento fraco, só o fato de elefantes gigantes viverem em espaços confinados por si só já estamos falando de uma forma de agressão. Mesmo sendo um problema para alguns países, esse é algo que a Dinamarca está querendo resolver.

O país criou uma lei que proíbe o cativeiro de animais selvagens. Para celebrá-la, o governo comprou os últimos quatro elefantes mantidos em circo e deu-lhes uma aposentadoria.

Agora, Ramboline, Djunga, Lara e Jenny poderão viver longe de locais minúsculos para eles. De acordo com o jornal português Público, os quatro serão destinados a um zoológico para serem aposentados das atividades circenses.


O governo afirmou que os elefantes custarão aos cofres públicos cerca de R$ 6,5 milhões. Essa é uma política levada a sério pelo país, que devolve o bem-estar a animais que deveriam estar na natureza e não em cima de um picadeiro para diversão humana.

Direitos autorais: reprodução.

Não é preciso utilizar animais para tornar os espetáculos mais interessantes. Pessoas com dons incríveis já são um grande atrativo. Shows e produções magníficas também. Existe uma gama de atividades que podem manter o circo uma atração relevante.


Tudo que é feito pelo governo dinamarquês é o mínimo para devolver o equilíbrio abalado pelas ações do homem nas últimas centenas de anos. Quanto aos donos de circo, que se disseram tristes por ver os animais deixando o local, ainda há a recompensa monetária e novo universo de artes para ser explorado.

Você acha que os animais selvagens deveriam ser liberados?

Comente e compartilhe este texto!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.