Dinheiro

Dinheiro traz felicidade?

22138d00a3317021844ba3809184a503

O que fazer quando não você não tem dinheiro para nada? O que fazer quando você está atolado em dívidas e não tem a menor ideia de como mudar esta realidade? Na verdade você já fez dívidas para pagar as dívidas, e já chegou ao ponto de não ter mais alternativas para resolver esse problemão… Olha, avaliando uma situação como essa, pode-se refletir sobre como o dinheiro traz felicidade. Ele pode não ser o principal responsável, mas contribui e muito para novas oportunidades surgirem e para a conquista de muita coisa.



Bom, há uns 8 anos atrás eu e a minha mãe estávamos construindo a casa dela e eu morava em casa ainda. A primeira parte da obra foi construída com o dinheiro que ela ganhou de uma herança. E quem já construiu sabe como funcionam essas coisas… Parece que a obra não tem fim e que o dinheiro nunca é suficiente. Como não tínhamos condições de pagar alguém para controlar tudo, eu assumi esse desafio. E fiz o possível para concluir, mas estava muito complicado. Não tínhamos mais dinheiro, faltava muita coisa e como morávamos de aluguel, queríamos terminar o quanto antes para poder morar na casa própria.

Na época eu estava começando a minha vida de terapeuta, e a minha mãe era costureira numa loja de roupa masculina. Ou seja, não tínhamos como ganhar o suficiente para arcar com as despesas de casa que morávamos, mais a obra.

Eu ficava em pânico de pensar que não havia saída… Até que uma solução apareceu e pelo menos o mais importante foi finalizado. Mudamo-nos, mas ainda não tínhamos dinheiro suficiente para terminar os detalhes.


Essa situação mexeu tanto comigo que percebi e aprendi muitas coisas, entre elas como economizar e organizar a minha vida financeira.

Segredo do dinheiro

Mas como fazer isso?

Eu não tinha a menor ideia. Minha mãe sempre foi muito boa conosco, nos dando tudo que queríamos, dentro das condições dela. Só que eu via que muito do que ela fazia, ela não podia fazer. E vivia endividada. Mas acredito que a satisfação de nos ver felizes era o que contava para ela. Meu pai era o contrário, ele não gastava com nada. Até hoje ele é um exemplo de economia. Só que por outro lado, ele se priva de muita coisa.


Como os meus pais se separaram quando eu tinha 3 anos, o que mais ficava evidente para mim era a situação da minha mãe. E eu não suportava a ideia de vê-la sofrendo com a falta de dinheiro. E pensava: “quando eu for adulta não quero viver assim, e quero ajudá-la ou ajudar pessoas que vivam nessas condições, a mudar”.

Quando eu estava me formando no Mestrado de Reiki, nós tínhamos que apresentar uma palestra sobre um dos assuntos que fora trabalhado no curso. E adivinha qual era o meu? Vida Financeira e Espiritualidade.

E foi a partir daí que comecei a estudar muito este assunto. Li muitos livros, fiz muitos cursos e aprendi a transformar a minha realidade financeira. Tanto que quando construí a minha casa, junto com o meu marido, nós até passamos por algumas dificuldades, mas vencemos muito mais rápido do que anteriormente.

Hoje eu conheço técnicas que podem acabar com as dívidas e que podem lhe trazer a liberdade financeira, que é o sonho de qualquer pessoa que tem desafios com dinheiro, assim como eu tinha.


Mas para eu não me alongar mais nesse texto, eu vou lhe dar uma ferramenta que pode ajudar muito. A primeira coisa que é preciso fazer quando você está numa situação de endividamento é ver onde está. Ou seja, quanto você deve? Quanto tempo você terá essas dívidas? Então, a dica é: coloque no papel como está a sua situação atual.

E pode ser que você esteja pensando: “Deus me livre, nem quero saber disto!” Só que se você quer mudar a sua realidade, precisa ter noção de como ela se apresenta agora. Senão, será impossível mudar, ok.

E depois pode começar a planejar o que fazer para sair das dívidas, dando foco para esta questão.

E para finalizar eu vou lhe pedir para comentar sobre qual é o seu maior desafio com dinheiro. O que você precisa melhorar ou mudar?


Não saia daqui sem deixar o seu depoimento, pois ele é muito importante para mim.

Beijo no coração
Fonte: Escrito por Cátia Bazzan via Site Catia Bazzan


Há quanto tempo você não olha para si mesmo?

Artigo Anterior

Cachorro de rua chutado por um motorista volta com reforços para danificar seu carro

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.