Pessoas inspiradoras

Diretor se sensibiliza e corta cabelo de aluno que se sentia inseguro na escola. Um grande líder!

É desse tipo de educadores que precisamos! Confira esse grande exemplo!



A escola pode ser um lugar de muitos julgamentos e dificuldades para os jovens. No entanto, alguns deles têm a sorte de encontrar grandes apoiadores pelo caminho, que fazem o possível para garantir que sua passagem pelo local seja a melhor possível.

Esse é o caso de Anthony Moore, um jovem aluno do ensino fundamental da Stonybrook Intermediate and Middle School, no estado da Indiana (EUA), que descobriu um grande aliado após um momento difícil num dia de aula.

Segundo a CNN, o jovem recebeu um apoio especial de Jason Smith, diretor da escola, depois de passar por problemas de insegurança por causa de seu corte de cabelo.


Smith disse, na entrevista, que foi chamado para conversar com Anthony, após que o jovem passou meia hora na sala do reitor da escola, sem resultados. Anthony estava usando um boné, o que vai contra o código de vestimenta da instituição.

Jason conta que se sentou em frente ao jovem e lhe perguntou o que estava acontecendo e por que ele estava se recusando a tirar o boné. A resposta de Anthony despertou um profundo sentimento de empatia no diretor.

O jovem disse que os pais dele o levaram para cortar o cabelo e ele não gostou do resultado, e que estava se sentindo envergonhado. Apesar de achar que o cabelo estava bom, assim como o reitor, ele enxergou o lado do jovem e lhe ofereceu uma solução.

Jason disse que, para meninos de 14 ou 15 anos, a “aceitação social é mais importante do que a aceitação do adulto”, então se ofereceu para cortar o cabelo de Anthony.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Jason Smith.

O diretor disse ao jovem que corta cabelos desde muito cedo, e lhe mostrou algumas fotos dos cortes que já fez em seu filho. Depois disso, perguntou se ele voltaria para a aula, caso “consertasse” o seu cabelo.

Com a resposta afirmativa de Anthony, Jason foi para casa, em meio à neve, para pegar os materiais. De volta à escola novamente, levou o aluno ao seu escritório e falou com seus pais, que aprovaram o corte, o qual devolveu segurança ao jovem, e o levou à aula.

Jason disse que, apesar de Anthony não lhe ter dito diretamente, ele acredita que o jovem não queria ser “ridicularizado” e disse que os cabelos são muito importantes na comunidade negra e que se manter elegante é um “aspecto cultural”.


Como um homem negro, assim como o aluno, Jason também disse que sabe o quanto a aparência é importante nessa idade, e que as meninas se importam com ela, por isso acredita que o aluno tinha medo de rirem dele.

O diretor acompanhou o aluno durante o dia e percebeu que ele não usou mais o boné depois do “retoque” no corte.

Como uma mensagem de alerta, Jason disse que “todo comportamento é comunicação” e, “quando um aluno está com problemas, é necessário nos perguntarmos o que aconteceu ao invés do que há de errado com a criança”.

A mãe de Anthony, Tawanda Johnson, revelou que achou o gesto do diretor “maravilhoso” e que ficou feliz pelo fato de o filho não precisar ser suspenso.


Certamente, Jason ficará para sempre na mente e coração de Anthony, e o seu gesto de empatia o inspirará a fazer o mesmo pelas pessoas ao seu redor.

Esse diretor merece os nossos aplausos!

Compartilhe o seu exemplo através das redes sociais!


Médico prescreve “receita do abraço” para avó vacinada abraçar neta, sem medo. Reencontro emocionante!

Artigo Anterior

Depois de vender gominhas na rua, jovem aprovada em programa da NASA realizará seu sonho. Não desistiu!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.