publicidade

Disseram que você não vale nada

Já avisaram. Fui alertada. Desculpe-me pelo turbilhão de sinceridade mas preciso lhe contar: me disseram que você não vale nada. Disseram que é cilada. Furada. Que eu vou sair de cara quebrada. Confesso que até eu já estava um pouco desconfiada. Mas fica tranquilo, Meu Amor, isso muda pouca coisa além de nada.



Até agradeço a solidariedade de toda essa gente preocupada mas a verdade é que da paixão e dos roxos que já coloriram essa face calejada eles só desconfiam; não sabem nada. Minha cara já é toda remendada. Nunca tive muito medo dessa ameaça de cara rachada. Dizem que é falta de vergonha na cara mas a verdade é que eu sempre fui dada às alegrias de abraços e risos de alto risco. É elementar que de vez em quando a gente dê uma escorregada.

Sempre pensei que na pior das hipóteses, com merthiolate, tempo e band-aid quase tudo passa. Demora um pouco a cicatrizar. Incomoda. Dói. Enfeia a face. Mas nada que a gente não resolva com um pouco de cara dura e pó compacto. Tenho meus truques. Você bem sabe.

A verdade é que eu gosto dos seus riscos. Gosto dos seus loopings. Gosto da ventania na barriga. Gosto dessas borboletas que reviram meu estômago e de vez em quando me emprestam as asas. Gosto do verde-garrafa dos olhos que habitam essa sua cara de pau e me pergunto, ainda indignada, como alguém pode dizer que os risos e calafrios que você me causa não valem nada.


Tem gente que paga caro numa galinhada, tem gente que só gasta quando viaja e tem gente que não vê valor em quase nada. Valor é um negócio subjetivo mesmo. Eles disseram que não vale nada porque desconhecem o calor das suas mãos e a euforia da sua risada. É claro que vale. Vale o risco. Vale o momento. Vale a queda. E no fim, não vou dizer que não fui avisada.

 

___


Escrito por Eduarda Costa – Via Entenda Os Homens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.