Notícias

Diversidade sexual: 2,9 milhões de brasileiros se declaram homossexuais ou bissexuais, aponta IBGE

Foto: Unsplash
Diversidade sexual 29 milhões de brasileiros se declaram homossexuais ou bissexuais aponta IBGE

Levantamento inédito divulgado nesta quarta-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que 2,9 milhões de pessoas se autoidentificam como homossexuais ou bissexuais no país.

Este contingente corresponde a 1,8% da população com 18 anos ou mais, proporção menor que da parcela de pessoas que não souberam ou não quiseram responder (3,4%) à pesquisa.

O estudo evidenciou que a imensa maioria da população brasileira se autodeclara heterossexual – 94,8% dos brasileiros assim se autoidentificaram. Mas o IBGE ponderou que “o fato de uma pessoa se autoidentificar como heterossexual não impede que ela tenha atração por ou relação sexual com alguém do mesmo sexo“.

Esta é a primeira vez que o instituto divulga dados sobre orientação sexual. A divulgação ocorreu após o órgão ter sido acionado na Justiça pelo Ministério Público Federal. O MPF questionou o fato de o Censo Demográfico de 2022 não ter incluído perguntas sobre a população LGBTQIA+.

De acordo com o IBGE, o questionário foi aplicado em cerca de 108 mil domicílios no Brasil, mas representa a totalidade da população. A amostra corresponde a, aproximadamente, 0,07% das pessoas com 18 anos ou mais de idade, estimada, em 2019, em 159,2 milhões.

Proporção de pessoas segundo a orientação sexual autodeclarada

Do total de pessoas com 18 anos ou mais ouvidas pelo IBGE, 98,4% se declaram heterossexuais.

pexels kat wilcox 923657 1 scaled

Direitos autorais: Reprodução/Pexels

  • Os dados são de 2019 e foram coletados por meio da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). O detalhamento das informações apontou que:
  • 94,8% da população brasileira adulta se autoidentifica como heterossexual;
  • É maior a proporção de homens (1,4%) que de mulheres (0,9%) autodeclarados homossexuais;
  • Já as mulheres têm maior proporção (0,8%) que os homens (0,5%) entre os bissexuais;
  • A autoidentificação homossexual ou bissexual é maior entre quem tem nível superior (3,2%) e maior renda (3,5%);
  • Proporção das respostas “não sabe” ou “recusou-se a responder” foi maior entre aqueles com menor nível de instrução;
  • É ligeiramente menor a proporção de homossexuais e bissexuais entre os brancos (1,8%) que entre os pretos (1,9%) e pardos (1,9%);
  • O grupo de 18 e 29 anos apresenta a maior proporção de autodeclarados homossexuais ou bissexuais (4,8%)
  • A faixa etária mais jovem também soma a maior proporção de pessoas que não souberam ou não quiseram responder (5,3%) à questão.
  • Os dados são compatíveis com os de países que fizeram pesquisa com metodologia semelhante;

Na análise por gênero, o IBGE constatou que, proporcionalmente, a auto identificação como homossexual é maior entre os homens (1,4%) que entre as mulheres (0,9%). Já a bissexualidade foi mais autodeclarada pelas mulheres (0,8%) que pelos homens (0,5%).

Ao analisar os dados considerando características socioeconômicas, observou-se maior proporção de autodeclarados homossexuais ou bissexuais entre aqueles com nível superior completo (3,2%) – entre os que não têm instrução ou têm o ensino fundamental incompleto essa proporção foi de 0,5%.

Também foi observada que quanto maior o nível de renda, maior a autoidentificação como homossexual ou bissexual. A proporção daqueles que declararam se relacionar afetivamente ou sexualmente com pessoas do mesmo sexo foi de 1,3% entre aqueles cuja renda domiciliar per capita era de até meio salário mínimo, de 1,6% na faixa de renda entre meio e um salário mínimo, de 1,3% na faixa entre um e três salários mínimos e de 3,1% na faixa entre três e cinco salários mínimos.

Paradoxo juvenil

A autoidentificação homossexual ou bissexual é maior entre os mais jovens. A indefinição da orientação sexual também é mais frequente entre eles.

A proporção dos que declararam a orientaçação homossexual ou bissexual foi de 4,8% na faixa etária entre 18 e 29 anos, de 1,9% na faixa entre 30 e 39 anos, de 1% no grupo entre 40 e 59 anos, chegando a apenas 0,2% entre aqueles com 60 anos ou mais.

Proporção da autodeclaração da orientação sexual, por faixa etária

Mais jovens são maioria tanto ao declarar homossexualidade ou bissexualidade quanto ao não se autodefinir.

communication ge8c4ad51f 1280

Direitos autorais: Reprodução/Pixabay

O IBGE apontou que os mais jovens também respondem pela maior proporção de pessoas que não souberam (2,1%) ou não quiseram responder à pesquisa (3,2%). Para a coordenadora da pesquisa, esse resultado pode representar o processo de experimentação e de aceitação da própria orientação sexual.

Os mais jovens são, atualmente, mais propensos a experimentações e possuem mais liberdade de expressar sua orientação sexual que no passado. Entretanto, a consolidação da orientação sexual é, em muitos casos, um processo, e leva tempo para compreender e assumir suas orientações“, avaliou Maria Lúcia Vieira.

Análise regional

A pesquisa mostrou que a autodeclaração como homossexual ou bissexual é maior nas áreas urbanas (2%) que nas rurais (0,8%). Entre as grandes regiões do país, estas orientações sexuais foram mais autodeclaradas no Sudeste, enquanto Nordeste e Centro-Oeste ficaram abaixo da média nacional.

Proporção de autodeclarados homossexuais e bissexuais, por região

Sudeste tem o maior percentual dos que declaram se relacionar afetivamente com pessoas do mesmo sexo.

human rights g9ea58b189 1280

Direitos autorais: Reprodução/Pixabay

No recorte estadual, em dez das 27 unidades da federação a proporção de pessoas autodeclaradas homossexuais ou bissexuais foi maior que a média nacional. O menor percentual de pessoas que declararam estas orientações sexuais foi observado no Tocantins, enquanto o maior, no Distrito Federal.

“A pesquisa não traz informações sobre diferenças culturais, mas diversos fatores podem interferir na verbalização da autoidentificação como homossexual ou bissexual”, ressalvou a coordenadora da pesquisa.

Entre os fatores que podem interferir na auto declaração da orientação sexual e que podem ter interferido no resultado da análise regional, Maria Lúcia destacou:

  • o contexto cultural;
  • o contexto familiar;
  • habitar em cidades pequenas;
  • inseguro para falar sobre o tema com pessoa estranha;
  • desconfiança com o uso da informação;
  • não compreensão dos termos homossexual e bissexual;
  • indefinição quanto a própria orientação sexual.

Proporção de pessoas autodeclaradas homossexual ou bissexual, por UF

DF e AP têm o maior percential dos que declaram se relacionar afetivamente com pessoas do mesmo sexo.

pexels rodnae productions 4914980 scaled

Direitos autorais: Reprodução/Pexels

Majoritariamente heterossexual, mas com ressalva

O estudo evidenciou que a imensa maioria da população brasileira se autodeclara heterossexual – 94,8% dos brasileiros assim se autoidentificaram.

Vale ressaltar que o fato de uma pessoa se autoidentificar como heterossexual não impede que ela tenha atração por ou relação sexual com alguém do mesmo sexo“, ponderou o IBGE. Segundo o instituto, para captar em detalhes a efetiva orientação sexual da população “seria necessária a investigação do comportamento e da atração sexual, conceitos esses diferentes da auto identificação“, que foi o utilizado na coleta da PNS.

Esta foi a primeira vez em que o IBGE perguntou à população brasileira, em pesquisa domiciliar, informação relacionada à orientação sexual. Somente um morador de cada domicílio visitado pelo órgão foi convidado a responder à pergunta “Qual é a sua orientação sexual?”. Eram seis as opções de resposta:

  • Heterossexual
  • Bissexual
  • Homossexual
  • Outra. Especifique: ____________
  • Não sabe
  • Recusou-se a responder

De acordo com o IBGE, o manual da pesquisa, usado para consulta tanto dos entrevistadores quanto dos entrevistados, relacionava a orientação sexual a diferentes formas de atração afetiva e sexual de cada um. As opções de orientação sexual estavam conceituadas da seguinte forma:

  • Heterossexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva entre indivíduos de sexo oposto;
  • Bissexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva por mais de um gênero ou sexo binário. Contrapõe-se às monossexualidades
  • (heterossexualidade e homossexualidade);
  • Homossexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva por outro indivíduo do mesmo sexo ou gênero;
  • Outra orientação sexual (especifique) – Quando o morador declarar orientação sexual diferentes das relacionadas anteriormente. Registrar, no campo especifico, a resposta do morador.

Questionada se, considerando que apenas um morador de cada domicílio visitado respondeu exclusivamente por si, o percentual de autodeclarados homossexuais ou bissexuais no Brasil poderia estar distante da realidade, a coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, afirmou que essa metodologia “só melhora a precisão estatística“.

Esse morador foi aleatoriamente selecionado e os métodos de expansão garantem a representatividade da população total do Brasil“, afirmou a pesquisadora. O IBGE destacou que os resultados do levantamento são compatíveis com os dados obtidos por países que realizaram pesquisa com metodologia semelhante à aplicada na coleta da PNS.

Na comparação internacional, Brasil ficou empatado com o Chile em relação à proporção de pessoas que se autoidentificam homossexuais ou bissexuais, mas abaixo de Reino Unido, Austrália, Estados Unidos e Canadá.

Proporção de autodeclarados homossexuais ou bissexuais, por país

Comparação internacional foi feita pelo IBGE entre países que usaram metologia semelhante à adota no Brasil.

pexels brett sayles 1167034 scaled

Direitos autorais: Reprodução/Pexels

0 %