3min. de leitura

Dizer NÃO a quem se ama…

A pessoa te faz sofrer de alguma forma (direta ou indiretamente, mesmo tendo os motivos inexplicáveis da cabeça dela), mas um dia acaba se arrependendo e entra em contato novamente. Você se divide entre uma pontinha de orgulho e a saudade dilacerante que grita no peito.


“E agora? E se eu der uma de gostosa e ele partir pra outra de uma vez?”

E um monte de “e se, e se, e se” começa a desabrochar nos pensamentos.

Pra começo de conversa, eu parto do pressuposto que ninguém é totalmente livre se não aprender a dizer não com segurança, sem medo e sem culpa. Com coragem e personalidade! Não pense que se diz somente “sim” para o outro, ele vai achar você incrível e “o par perfeito”. Longe disso: é bem mais provável que ele te ache insegura, carente, sem personalidade própria, e que a certeza de que você dirá novamente um “sim” vai servir pra que ele se veja no direito de fazer sempre o que bem entender, no tempo dele.


Aprender a dizer “não” é tomar à frente da própria vida.

Aprenda a dizer não para pessoas que te machucaram ou que foram egoístas com você. A dizer não para aquele abraço que te tira a noção de tempo quando estão juntos, mas cuja a angústia sentida depois faz com que seus dias se arrastem, de tanta solidão.

A dizer não para beijos que te levam ao paraíso, mas que depois fazem com que você fique numa espécie de purgatório, numa depressão miserável por ter cedido mais uma vez. A dizer não para amores que num momento te fazem sentir vivo, mas em outros momentos fazem com que você morra aos pouquinhos.


Se a pessoa não sabe lidar com seu “não”, o problema é unicamente dela, não seu.

Pense em quando você tentou fazer com que as coisas dessem certo, mas a outra parte NÃO colaborou. Sendo assim, sinta-se desapegada para dizer seu não, se assim tiver vontade.

Você é livre para escrever sua história de amor como bem entender, mas vai perceber que só somos inteiramente donos de nós mesmos quando aprendemos a hora de colocar um ponto final nessa escrita.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.