MensagensO SegredoVida

Do sofrimento surgiram as almas mais fortes

do sofrimento surgiram as almas

Do sofrimento surgiram as almas mais fortes, aquelas que, apesar das dificuldades e problemas, decidiram não desistir. Almas resistentes, almas resilientes.



Almas que passaram pelo vale das dificuldades e complicações, mas atravessaram de tal maneira que ressurgiram com um novo aprendizado.

Almas que navegaram através das profundezas da negligência e sofrimento, do oceano dos medos, mas também da superação e valentia. Almas fortes, almas gentis.

Almas que em algum momento se viram perdidas no labirinto dos impedimentos, presas em teias de aranha e acorrentadas na prisão de seus medos, mas foram capazes de encontrar o caminho de volta. Almas corajosas.


Almas sensíveis e inspiradoras e delicadas. Porque parte de sua fortaleza se constitui da sensibilidade de seus olhos, delicadeza de suas ações e inspiração interior.

Almas que transformaram suas feridas abertas em cicatrizes, que são as marcas de tudo o que viveram e passaram, amostras de suas batalhas que as lembram que seguiram crescendo e caminhando adiante, que com força de vontade tudo é possível. Pois a arte de viver não consiste em eliminar os problemas, mas crescer com eles.

E essas feridas, hoje cicatrizes testemunharam a capacidade que tiveram de transformar situações difíceis ou dolorosas em sucesso.

Portanto, não há nenhuma cicatriz que de alguma forma não contenha beleza. Nelas se encontram histórias pessoais, dores, medos ou talvez ilusões que de alguma forma chegaram ao fim.


Do sofrimento surgiram as almas mais fortes. Almas pacientes, almas persistentes que procuraram o sorriso de cada lágrima, a alternativa de cada problema e a oportunidade de todas as crises.

Almas gigantes embora não percebam. Porque sua grandeza está na capacidade de recuperar-se, e isso é tão imenso, tão grande e também tão invisível.

Almas heróicas que souberam ver a luz nas trevas e o arco-íris nas tempestades.

Almas que, quando descobriram que não podiam mudar as pessoas, circunstâncias ou coisas, decidiram mudar sua atitude para enfrentar o sofrimento. Almas perspicazes.


Almas que em suas trajetórias, por algum momento se encontraram com elas mesmas, decidiram conhecer-se e, posteriormente, ser sua melhor companhia. Almas profundas.

Almas professoras, das quais você pode aprender grandes lições e conversar sobre o abismo das dificuldades, mas que também vão germinar em você o desejo de melhorar a si mesmo e continuar, porque transformaram as memórias dolorosas em um dom, para ajudar os outros.

Almas aprendizes, onde todo o mal serve como um suporte para crescer e progredir, avançar apesar das tempestades, porque descobriram a capacidade de reinterpretar e identificar diferentes perspectivas.

Almas repletas de beleza com suas nuances especiais. Almas dispostas a ajudar o máximo necessário, porque ninguém sabe como elas o quão profundo um sentimento pode se tornar. Almas inteligentes.


Do sofrimento surgiram as almas mais fortes e, portanto, quero agradecer sua capacidade de se recuperar, apesar das dificuldades. Elas são o nosso maior exemplo de sobrevivência.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo


Fonte: La Mente es Maravillosa

De tanto me envergonhar, agora só aproveito a vida

Artigo Anterior

Eu não sou propaganda de creme dental

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.