publicidade

Dono de 18 edifícios perdoa os aluguéis de mais de 200 inquilinos para ajudá-los durante a crise

Ainda que muitas vezes não pareça, no mundo existem pessoas boas e dignas de reconhecimento.



No meio de uma grande crise econômica em que o mundo vive, um homem com um grande sentimento de humanidade decidiu isentar os seus duzentos inquilinos de pagar o aluguel do mês de abril.

Trata-se de Mario Salerno, morador do Brookling, Nova York, e dono de 18 edifícios, onde 80 apartamentos abrigam mais de 200 pessoas.

Em uma entrevista recente, Mario Salerno de 59 anos, assegurou que não se importaria de perder seus rendimentos de aluguéis do mês de abril. “O que é importa nesse momento são meus inquilinos terem condições de cuidar de suas saúdes”, disse.


A boa ação foi divulgada através de avisos que Mario Salerno colocou no lado de fora de cada porta dos apartamentos.

Sua mensagem dizia: “Devido à recente pandemia de Covid-19, que afetou a todos, tenho em conta que estou renunciando a renda dos alugueis do mês de abril de 2020. Mantenha-se a salvo, ajude o seus vizinhos e lave suas mãos.”


 

Não é segredo que a pandemia afetou a economia do mundo inteiro, causando o fechamento de milhares de negócios e desempregos. Sem mencionar a crise sanitária que diferentes nações estão sofrendo, com falta de recursos médicos, máscaras e respiradores artificiais.

A saúde de todos está em nossas mãos. Siga os procedimentos de higiene e, se não tem necessidade de sair, fique em casa!

E, não menos importante, o mundo precisa de mais pessoas como Mario Salerno.

Compartilhe esse exemplo de empatia e compreensão em suas redes sociais.

 

Direitos autorais da imagem de capa: arquivo pessoal/Facebook.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.