Pessoas inspiradoras

“É bom ser honesto.” Mototaxista devolve R$ 230 mil que encontrou na rua e muda de vida!

Foto: Reprodução
capa E bom ser honesto Mototaxista devolve R230 mil que encontrou na rua e muda de vida

Depois de um ato de honestidade verdadeira, a vida do jovem africano se transformou completamente. Confira!

Histórias sobre honestidade são importantes para mostrar que ainda há muita gente boa no mundo, apesar das experiências desagradáveis que podemos encontrar. Hoje trouxemos uma dessas histórias positivas, que com certeza nos faz ter uma ponta de esperança na humanidade.

Essa história é protagonizada pelo jovem de 19 anos Emmanuel Tuloe, na Libéria. Conforme matéria da BBC, o jovem trabalhava como mototaxista, e num dia de trabalho, encontrou US$ 50 mil (cerca de R$ 230 mil) em um saco plástico, na beira de uma estrada.

Embora muitos, na mesma situação, pegariam o dinheiro sem pensar duas vezes, o jovem, que mora com a tia, deu a quantia para a mulher guardar e, um tempo depois, quando o dono pediu ajuda em uma rádio nacional para recuperar o valor, Emmanuel prontamente lhe devolveu o dinheiro.

É claro que sua atitude lhe rendeu muitas críticas, várias pessoas lhe disseram que ele perdeu a chance de ter um bom dinheiro, mas para o jovem a consciência tranquila vale muito mais, por isso ele foi recompensado com ajudas que mudaram sua vida para sempre.

Apenas do presidente da Libéria, George Weah, o jovem ganhou US$ 10 mil (R$ 46 mil), além de US$ 1,5 mil (R$ 6,9 mil) do proprietário do dinheiro e também uma outra quantia do dono de um meio de comunicação local.

No entanto, talvez a consequência mais positiva da atitude de Emmanuel tenha sido ganhar uma bolsa integral de estudos em uma universidade dos Estados Unidos, quando ele concluir o ensino básico.

Voltando ao estudo

Emmanuel deixou os estudos quando tinha apenas 9 anos para trabalhar e tentar ajudar a família financeiramente. Agora, depois da reviravolta na sua vida, o jovem está concluindo os estudos no Instituto Ricks, uma das escolas mais prestigiadas do seu país.

2 E bom ser honesto Mototaxista devolve R230 mil que encontrou na rua e muda de vida

Direitos autorais: Reprodução

Para ele, o que mais importa não é o luxo da escola, mas sim as disciplinas e a moralidade que estão em sua grade. Daqui a seis anos, seus estudos básicos estarão concluídos e poderá se formar.

O jovem não se importa com a diferença de idade em relação aos seus colegas e sonha em cursar contabilidade para orientar sobre o uso do dinheiro no seu próprio país.

Bethlene Kelley, uma de suas colegas de classe, de 11 anos, disse que Emmanuel é um grande amigo, leal, respeitoso e honesto. Tamba Bangbeor, uma das professoras do jovem, disse que todos na escola se beneficiam com a chegada do aluno.

Orgulho da própria honestidade

Lembrando-se das brincadeiras de mau gosto das quais foi alvo por devolver o dinheiro, Emmanuel disse que, se tivesse agido de má-fé não teria conquistado as oportunidades que tem hoje e que agradece a Deus por presenteá-lo com um bom caráter.

Como conselho para pessoas da sua idade, o jovem disse que ser honesto é bom e não devemos pegar o que não nos pertence.

Colegas de profissão

Alguns mototaxistas que conhecem o jovem também falaram sobre a atitude de Emmanuel e teceram elogios a ele. Lawrence Fleming, por exemplo, disse que acompanhou a história do colega de perto e que é grato a Deus por ele ter conseguido voltar a estudar.

Fleming, de 30 anos, disse à BBC que abandonou a escola quando adolescente, na 9ª série, e acompanhou de perto a história de Emmanuel.

A atitude do ex-mototaxista é um exemplo no mundo todo, especialmente no seu país, que é conhecido pela corrupção.

Desejamos um futuro de muito sucesso para Emmanuel; ele com certeza merece.

0 %