E essa foi a grande mensagem da Páscoa:

Reflexão da Páscoa: Morte e Ressurreição, entender isso é o fim do sofrimento

Páscoa é momento de reflexão, de falar de um assunto que não agrada a ninguém: a MORTE. Mas por que é um tema tão assustador se através dela Jesus anunciou a RESSURREIÇÃO?

Na sua visão, o que será de nós quando morrermos? Será que não seremos nada, do pó viemos e ao pó retornaremos? Ou deixamos um corpo e após um tempo voltamos em outro corpo também mortal? Mas até quando? Ou você acha que o corpo se separa da alma e vai para o inferno ou paraíso dependendo das ações de cada um? Será que ficaremos sentados à direita de Deus Pai ou simplesmente nosso espírito vai entrar na presença Dele?

Nossa!!! Tantas dúvidas e questionamentos!

Seja como for é difícil imaginar qualquer cena menos esperançosa do que a visão triste de um enterro. Isso acontece porque vemos um ser formado por sistemas biológicos, carne, ossos e sangue, no qual o corpo é a única realidade que conseguimos enxergar. Sofremos porque não conseguimos contemplar um mundo à parte disso e vivemos o fantasma da morte constantemente, seja através do medo, da raiva, da falta de confiança, da preocupação excessiva.

Por que sofremos e tememos tanto a morte se além dela está a Vida Eterna?

Esse cenário apenas muda quando nos remetemos à ressurreição de Cristo. E nisso a Páscoa é maravilhosa!!! Ela nos ajuda a lembrar da nossa verdadeira natureza, que é eterna. A Páscoa nos ensina que, uma vez que Cristo foi ressuscitado entre os mortos, a morte não tem mais domínio sobre ele. Nos mostra que a morte é a maior de todas as ilusões que vivemos nesse mundo de imagens e aparências.

Mostra que aquilo que tem valor não se perde com a morte. O que importa continua ao seu alcance, pois é seu. E o que é seu se mantém após deixar o corpo físico.

Vou repetir: Tudo o que você conquistou no mundo e que a morte pode tirar de você NÃO É SEU. Porque o que é seu a morte não tira. Tudo o que é seu vai com você seja pra onde for. O que não vai com você não existe para o seu SER REAL.

Por que empreender tanto esforço naquilo que você vai perder quando morrer?

Por que você acha que isso merece tanto investimento e sacrifício se não há ganhos reais? Se você quer investir em você de fato, invista naquilo que transcende a morte.

Nascimento e morte dizem respeito apenas ao corpo, e dão origem à ilusão de que o nascimento e a morte se relacionam com o real Ser.

A primeira vinda de Cristo representa a criação, pois Jesus é o filho de Deus. A segunda vinda de Cristo é a ressurreição e traz consigo o anúncio da vida eterna. Peça e permita que Jesus trabalhe na sua mente, pois você ainda está confuso para descobrir que o verdadeiro significado da ressurreição é a imortalidade.

E essa foi a grande mensagem da Páscoa.

Quando Jesus “morreu crucificado”, ele voltou mostrando que apesar de tudo o que aconteceu com ele, todo aquele calvário, ele estava VIVO. Jesus teve danos irreparáveis em seu corpo mas ele voltou e mostrou que ele vive. Ele mostrou e disse isso em palavras. “Porque eu vivo, vós também vivereis.” João 14:19

E assim Jesus veio nos salvar das ilusões da matéria

Então por que se preocupar tanto com a morte se nada que é verdadeiro e real pode ser tirado de você? Se a imortalidade é a nossa verdadeira natureza e foi um dos maiores ensinamentos de Jesus?

Que tal investir no que realmente tem valor? O que vai continuar com você após a morte?

Invista naquilo que é verdadeiro. As conquistas internas e a consciência que você adquire na busca da impecabilidade da alma seguem com você. É nisso que você tem que empreender. Esse tem que ser o seu maior propósito, valorizando essa grandiosa oportunidade de habitar um corpo para o crescimento espiritual.

Mas como seria isso?

O que você aceita na sua mente é o fundamento da sua crença. Por isso, o primeiro movimento é olhar pra si mesmo. Não permita que os equívocos da sua mente se sobreponham à sua consciência da vida eterna.

Abençoados os homens que compartilham dessa verdade

“Pai nosso. Abençoa os nossos olhos hoje. Somos os teus mensageiros e queremos contemplar o glorioso reflexo do teu amor que brilha em todas as coisas. Vivemos e no movemos em Ti. Não estamos separados da tua vida eterna. Não há morte pois a morte não é a tua Vontade. E nós habitamos onde nos colocaste, na vida que compartilhamos contigo e com todas as coisas vivas, para sermos como Tu és e parte de Ti para sempre. Aceitamos os Teus Pensamentos como nossos e a nossa vontade é una com a Tua, eternamente. Amém.” (Livro Um Curso em Milagres – Lição 163)

Você pode voltar aqui quantas vezes forem. Perderá tudo, várias vezes, recomeçará muitas vezes, e continuará nessa roda de nascer e morrer, até que você escolha sair desse mundo de ilusões e aceitar a vida eterna como a única verdade.

E se ameaçarem destruir o teu corpo, relaxa, porque depois disso, não poderão fazer mais nada. O que vem além é a própria vida, é a vida em si.

Feliz Páscoa!!!

Esse texto não está relacionado a nenhuma religião ou crença, mas expressa uma experiência pessoal em práticas internas,  vivências, meditações e exercícios do livro “Um Curso em Milagres”.

 



Deixe seu comentário