6min. de leitura

É hora de ir! eu já estou morrendo de saudades, mas nossa história acaba aqui!

Agora eu tenho que ir… Com lágrimas nos olhos, mas tenho que ir!

Eu tive que decidir por nós dois! Não dá pra viver uma vida de mentiras, uma vida em que a gente não existe de verdade, uma vida clandestina! Eu queria você por inteiro, não às vezes, não às escondidas, sem poder mostrar a felicidade que eu sinto em estar ao seu lado!



Lembra quando você pegou na minha mão naquela manhã, em pleno mercado correndo o risco de alguém ver? Você foi louco e eu mais ainda… Mas as loucuras é que se tornam inesquecíveis!

Eu ainda lembro de cada detalhe, das nossas saídas tão raras… Tão especiais! E aquele vinho? Nunca mais encontrei em nenhuma adega, e olha que eu procurei, hein?

Os meus véus ainda guardam o perfume de jasmim que eu vaporizei no ar pra te surpreender e me pergunto… Para que fiz tudo aquilo se não era pra ser pra sempre?


Ainda dou risada das suas palhaçadas pra me fazer rir, das caretas, da sua cara triste ao me levar de volta para a rodoviária! Do nosso adeus! A cada despedida era uma dor…

Eu voltei a ser adolescente! Dormia e acordava com você no pensamento! Eu me esqueci que a gente não podia, que aquilo era proibido perante Deus e a Sociedade… Passei a ser menos radical, julgar menos… Passei a ser feliz! Lembra daquela vez que a gente ficou ouvindo Beatles no carro?

Nossa! Eu nunca mais vou esquecer! E as músicas que a gente cantava junto no começo? Quem diria que você um dia iria se tornar o grande amor da minha vida?


Eu comecei a me cuidar mais, ir à academia, sorrir mais, cantarolar como uma boba! Eu tinha o brilho das estrelas no olhar! Foi uma química tão forte que eu nunca pensei sentir dentro de mim!

Mas… Eu não podia te chamar a qualquer hora, não podia ligar e dizer o quanto eu o amava! Eu tinha que esperar um sinal seu , até você estar livre para poder falar um pouco e logo sair para não se comprometer! E aquilo foi aos poucos me deprimindo… Eu, que sempre fui um livro aberto, comecei a me policiar cada vez mais… E você foi ficando reprimido também… Sua família passou a vigiá-lo… Eram tantas coisas envolvidas! Às vezes eu me zangava ao ver você em alguma foto com ela! Eu sempre fui ciumenta, possessiva! Depois eu me arrependia, mas já era tarde! Eu me despedi de você tantas vezes… Mas você sempre voltava e a vez que não voltou fui eu quem correu atrás!

Eu já comecei a não suportar tanta ausência… Dias sem falar, nunca tínhamos tempo, nem sequer para um papo… A distância que nos separava em todos os sentidos foi se tornando normal! Planos? Já não existiam, e eu sempre amei fazer projetos, ter sonhos… Aos poucos tudo foi me deixando triste, mas eu não conseguia me imaginar sem você… Apesar de nunca ter tido você de verdade!

Eu não entendo porque tudo isso aconteceu conosco, se não era para ser de verdade! Talvez um teste de fogo, mais uma de tantas cicatrizes que coleciono! Sabe, eu sinto saudades de tudo o que a gente não teve, como se já tivéssemos vivido tudo isso antes! É, talvez seja apenas ilusão da minha cabeça… Fantasia ou não! Isso já não importa mais …

Talvez a gente tenha sido covarde… A gente perdeu tanto antes, não é? Talvez a gente um dia se arrependa também por ter se perdido um do outro, por medo de ser feliz, por falta de coragem de largar o comodismo de uma vida vazia!

Eu sei que o tempo vai passar, eu sei que a vida vai seguir seu rumo. Talvez a gente apenas vire lembrança… Talvez a gente sorria disso tudo um dia! Quem sabe em um beco qualquer a gente se encontre daqui há alguns anos… Quem sabe a vida de tantas voltas ainda e a gente possa andar por aí de mãos dadas, sem olhar pra trás,sentar no banco da praça, tomar sorvete e sorrir sem medo… Quem sabe!

Agora eu tenho que ir… Com lágrimas nos olhos, mas tenho que ir! Não é assim que um grande amor termina, mas não é assim que ele podia continuar…

Eu sei que o que é verdadeiro permanece, eu sei o tempo e a distância serão nossos inimigos mas o amor que é verdadeiro supera qualquer barreira! Agora chega de palavras! Minhas malas mentais já estão prontas e meu caminho me espera! Por hora é Adeus, mas qualquer adeus pode ser breve quando a vontade de voltar for maior do que o caminho de ida!! Só o tempo dirá…

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.