4min. de leitura

É incrível como Deus age em nós, dando-nos tudo o que precisamos…

Estou em um momento introspectivo, o qual nunca vivi. Sempre fui aquela que fala, fala, fala e ouve, mas não escuta.

Nesta nova fase tenho a oportunidade incrível de ouvir e escutar, entender e refletir, antes de soltar os cachorros.



Descobri porque nunca havia tentado: o silêncio interno é assustador e, muitas vezes, machuca.

Por isso que as pessoas passam mais tempo falando, afundando a cabeça nas redes sociais, na televisão, na Netflix… Por isso as cabeças baixas pela rua…  esse é o disfarce mais fácil que poderia existir e tem muitos nomes e marcas. 

De certa forma, o silêncio incomoda, constrange e alfineta. Sabe quando ouvimos aquele apito da noite silenciosa? É como ouvir isso o tempo inteiro; mas em meio ao grito do silêncio existem as respostas das quais precisamos. 


É incrível como Deus age em nós, dando-nos tudo o que precisamos, dentro dessa caixinha interna que fica por trás de um silêncio brutal, que força muitos a desistirem antes de alcançá-la.

Ainda tenho dúvidas se atingi essa “caixinha de respostas” mas sinto que, se não a abri, estou bem próxima de virar a chave e cada vez mais pronta para escutar minhas próprias respostas, que quebrarão o meu silêncio e me deixarão livre para caminhos nunca trilhados por mim. 

É difícil acreditar nisso, que todas as soluções para nossas dúvidas e problemas, estão dentro de nós.

Muito tempo procurei em religião, em um relacionamento, em sinais, e não que essas opções deixam de ser válidas para encontrarmos as resoluções, porém, todas elas dizem, de uma forma ou de outra, que Deus está em nós, que nossa felicidade não depende do outro, que o sinais são apenas parte de dicas de nossa intuição, ou seja, como não percebi isso antes?!


Todos os caminhos levaram-me a crer no poder do meu infinito eu, que com suas particularidades, sabe me mostrar pouco a pouco o que preciso fazer para me completar, encontrar e saber qual melhor decisão tomar. É claro que só sabemos o que estamos preparados para saber, por isso, a importância de sempre agregar a espiritualidade, a compaixão pelo outro, a busca pela sabedoria e a compreensão com os fatos que nos ocorrem. 

Não vou negar que é nível HARD de dificuldade, tanto para mim tanto para os que estão comigo, mas já foi dito: “Depois da tempestade há um lindo dia!”

Esperem-me e eu os esperarei quando chegarem no silêncio que ataca e descobrirem a caixinha que a tudo responde.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.