Comportamento

É isso o que acontece com os adultos que não são amados e cuidados durante a infância

Entenda melhor as consequências de uma infância sem amor, atenção e cuidado.



A infância é um período fundamental na vida de qualquer pessoa. Esse é o período da vida em que estamos entendendo mais sobre quem somos e estabelecendo os vínculos mais importantes de nossa jornada, que nos guiarão e definirão o tom para todas as conexões futuras que tivermos.

É muito importante que a infância seja um período de tranquilidade, estabilidade e saúde emocional para as crianças, para que possam crescer seguras e se tornarem adultos que sabem caminhar com os próprios pés.

Quando isso não acontece, algumas feridas e lacunas se abrem em seu interior, o que afeta toda a sua jornada até a vida adulta, e faz com que tenham que enfrentar muitos desafios ao se relacionar com outras pessoas ou tentar realizar os seus objetivos.


Em um artigo para o Psychologic Today, a autora e escritora especializada em relações entre mãe e filha Peg Streep diz que aqueles que não são amados durante a infância desempenham tendências como:

  • Acreditar que são os culpados pelos maus tratamentos que receberam na infância.
  • Pensar que os seus sentimentos não são confiáveis.

  • Que é normal que as pessoas usem palavras ofensivas ou ajam violentamente.
  • Que não podem ser “consertados”, entre outros.

Todas essas tendências provocam uma grande insegurança nos filhos não amados e fazem com que eles precisem que determinadas necessidades sejam atendidas, para que vivam melhor.


Peg cita algumas dessas necessidades em outro artigo:

  • Um sentimento de pertença, seja em relações românticas, com os filhos ou amigos.
  • Que seus sentimentos e pensamentos sejam sempre validados.

  • Autoconfiança e sucesso pessoal.
  • Equilíbrio emocional.
  • Dar sentido ao passado e desconectá-lo do presente.

Por mais que sejamos ensinados que os adultos precisam ser fortes e responsáveis, nem sempre conseguimos colocar essa realidade em prática com facilidade, porque quem nos tornamos depois da infância depende muito de como foi o nosso crescimento nessa fase crucial da vida.

Adultos não amados possuem cicatrizes profundas em seus corações.

Eles cresceram sem conhecer a segurança que vem com uma criação saudável, em que suas necessidades foram ouvidas e atendidas, e seus erros aceitos com amor e maturidade.

Eles precisaram aprender sozinhos a tomar conta dos próprios corações e a serem os próprios melhores amigos, quando a vida os colocou para baixo. São exemplos de força e superação, e precisam de apoio e amor para que se curem suas feridas e se tornem ainda mais poderosos com o tempo.


Crianças não amadas se tornam adultos que precisam aprender a se amar.

Se você quer criar seus filhos de forma saudável, comece analisando tudo aquilo que pode mudar em si mesmo, para oferecer-lhes a melhor educação possível. Eles merecem.

Compartilhe esta reflexão através das redes sociais!


Marido e pai de Paulo Gustavo falam sobre piora no quadro de saúde do artista

Artigo Anterior

Mãe polemiza ao dizer que se sentiu “orgulhosa” de filho que bateu no valentão da classe para se defender

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.