AmorRelacionamentos

É permitido se apegar, sim!

SE APEGAR

Eu sei e você sabe que quase todo mundo entrou nessa onda de não se apegar. Parece que o discurso “Ah, eu estou bem sozinho e não preciso de ninguém” virou mais que uma simples modinha. As pessoas começaram a levar a sério e “não se apegar” se tornou quase como um lema de vida.



Lembre-se que estar sozinho é diferente de se sentir solitário. Quantas vezes você já se sentiu sozinho em uma festa ou na companhia de algumas pessoas? Como também quantas vezes já se sentiu perfeitamente bem sozinho no seu quarto, no seu mundinho, somente na sua companhia?

Podemos ser felizes sozinhos? Sim, com certeza. Mas, isso não significa que tenhamos que ser sozinhos pra sempre ou que não podemos ser felizes também em companhia de outro alguém. Percebeu a diferença?


Relacionar-se faz parte da vida. Se alguém te machucou, você se iludiu ou ainda está machucado e desacreditado, isso não quer dizer que as próximas relações serão assim. Lembre-se que cada história é um novo capítulo, diferente do anterior. Talvez você se machuque, o baque seja mais forte, pode acontecer. Assim como talvez você conheça novos horizontes, novas perspectivas de vida, e seu coração se apaixone de novo, mesmo que ainda esteja cheio de curativos.

Deixe que o “Ah, não se apegue” seja somente uma fase e não um lema de vida. Se você está na fase de festas, de baladas, de curtição ou quer apenas ficar sozinho, não se apegue mesmo! Seja sempre honesto em relação aos seus sentimentos. Não engane a si próprio nem o outro. No entanto, não hesite quando encontrar alguém que te faça mudar de ideia, balance seu coração e te faça repensar em que fase você quer seguir.

Se conhecer uma pessoa que queria ficar verdadeiramente ao seu lado, se encaixar no seu jeito de ser e se surgir um sorriso sempre que lembra seu nome, siga de mãos dadas com esse alguém. Não deixe que qualquer status “estou bem sozinho” ofusque uma felicidade que pode ser ainda maior do que já sente.


Permita-se sentir novamente, se apegar a um novo capítulo, deixe de lado o medo e arrisque no desconhecido se sentir que vale a pena. Se for recíproco, por que ficar e não seguir em frente? Se joga. Sempre há novos amores depois dos dissabores da vida.

Não queira ser uma pedra de gelo, bancar a Frozen no campo dos relacionamentos. Não escolha desacreditar no amor só por algumas vezes que se decepcionou. Continue tentando até encontrar alguém que sorria com seu olhar. E olha que eu já cai tantas vezes e, ainda assim, quero acreditar que pode dar certo algum dia com um certo alguém, acredite.

Por isso, meu bem, eu te pergunto se já posso me apegar a você? Não quero me iludir tampouco te pressionar, mas seria bom ter seu olhar em meu sorriso enquanto caminhamos por aí. Não se apresse ainda em saber por qual caminho vamos, o importante é que estamos juntos nessa trilha. Tampouco se espante com minha forma de ser honesta sobre meus sentimentos. Aprendi a me apegar a quem for recíproco, e com a leveza que a vida impõe quero andar de mãos dadas ao lado de quem me faz bem.


Então, já posso me apegar?

_________

Por:  Mikaele Tavares – Publicado Originalmente em: Superela


Descubra os piores ambientes da sua casa, segundo o feng shui:

Artigo Anterior

Pessoas pela metade não merecem meu tempo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.