É POR ISSO QUE ESTOU TE DEIXANDO IR

Eu soo como uma covarde por fazer isso. Eu te amei verdadeiramente todo esse tempo. Mas eu não posso lutar. Eu não posso, porque meu oponente está em seu sangue. O que eu vou enfrentar está em suas raízes. E mesmo se eu decidir lutar, temo que condene o nosso futuro. Obrigado por me escolher, mas eu não vou ser capaz de aceitar o que você vai fazer por mim. Sim, eu tenho sido mais feliz desde que te conheci. No pouco tempo que estamos juntos, você ficou ao meu lado quando eu enfrentei minhas maiores preocupações.

Mas eu não tenho outras palavras para expressar a você além de amor. Você tem sido paciente durante meus acessos de raiva e tem mostrado grande sinceridade com o amor que me mostra. Você tem mantido suas promessas e muito mais. Eu preparei-lhe para entrar em minha vida desarrumada e você entrou tão corajosamente. Você é meu salvador.é por isso que estou te deixando2

O que eu não sabia era que você estava lutando contra seus próprios demônios. Toda vez que você vai para casa depois de salvar meu dia, começa a ouvir julgamentos passivos das pessoas mais próximas a você. Elas acreditam que você salvou a pessoa errada. Que eu não sou digna de ser bem-vinda em sua família. Que eu não sou seu tipo. Agora isso tem te atingido e eu posso perceber. Você lutou por mim todo esse tempo, por meus demônios, contra os desejos de sua família. Muito em breve, você vai ter que deixar o seu conforto, por ter resistido a assim chamada “orientação” deles por tanto tempo. Se chegar a hora em que você me escolherá, eu não conseguirei permitir. Eu vou te deixar ir.

Eu não quero que você acabe com uma escolha. Não importa o quanto eu queira ficar com você, eu não posso fazer você me escolher acima daqueles que o apoiaram toda a sua vida.

Eu só posso esperar pelo dia em que eles estarão abertos para mim, alguém de um tipo diferente, mas que pode amar seu único filho incondicionalmente e sinceramente. Se eles pudessem ver que não podemos mudar nossos sentimentos… Se pudéssemos continuar nossa loucura e não nos preocuparmos com eles. Se vivêssemos em um mundo onde eles não pudessem opinar em nossa relação. Se realmente fôssemos livres. Se eles nos aceitassem…

Então eu vou deixar você ir. Não importa o quanto eu te ame. Não posso ficar na sua vida sem desejar que estivéssemos juntos. Eu não posso olhar para você sem pensar sobre os “e se”. Não posso ficar junto e sentir a sua tensão em cada músculo quando chega a hora de irmos para a casa. Não, eu não posso.

Eu não quero, eu realmente não quero. Mas vou deixar você ir.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog



Deixe seu comentário