ComportamentoRelacionamentos

É por isso que eu sou “difícil de amar”…

Me disseram que eu sou difícil de domar.



Me disseram que eu tenho “medo do amor”, medo de compromisso e que sou rebelde, porque não valorizo casar acima de qualquer outra coisa. Eu não sou tão imprudente. Eu não posso me conformar com um cronograma que não está de acordo com a nuance do que o amor realmente é, sem toda a pretensão.

Não é que eu queira ser difícil de amar. Isso é o oposto da realidade. O que eu quero mais do que qualquer coisa é amar dura e profundamente. Eu quero dar tudo de mim mesma para outra pessoa. Quero ser altruísta, encontrar a plenitude em me entregar a outra pessoa.

O problema é que não pode ser qualquer um.


Eu não sei como acabei sendo a última pessoa nesta geração com padrões elevados, mas aqui estou. Eu tenho que esperar. Eu tenho que esperar por alguém digno. Eu tenho que esperar por alguém que me deixe feliz em proporcionar coisas, fazer sacrifícios, apreciar.

Eu tenho muros, mas os construí por uma razão. Estou esperando a pessoa pela qual vale a pena derrubá-los. Eu não posso me contentar com um homem passivo, preciso de força. Eu tenho o direito de esperar alguém assim.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog


Como se proteger das más vibrações (5 técnicas):

Artigo Anterior

Use estes 3 passos simples para resolver qualquer discussão:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.