Relacionamentos

É possível confiar novamente em alguém que já te traiu?

Capa E possivel confiar novamente em alguem que ja te traiu

A confiança é como um belo espelho: é possível juntá-lo novamente depois de quebrado, mas você sempre será capaz de ver as rachaduras.



A pior das traições, normalmente, costuma vir de onde menos esperamos, e não porque desconhecemos o pior lado de uma pessoa, mas por nunca acreditarmos que sua malícia poderia nos atingir de forma tão dura, e pior, intencionalmente.

A traição de amigos e familiares é mais dolorosa do que um adultério romântico? Muitos afirmam que sim, pois essas são as pessoas que nos acompanham na jornada da vida por mais tempo do que qualquer parceiro.

Todas as sensações negativas que provêm dessa quebra de confiança são, infelizmente, grandes conhecidas nossas. A culpa por pensar que nós podemos ter causado isso, a incompreensão sobre como alguém que você tanto amava foi capaz daquilo e, por fim, uma dúvida que pode permanecer com você por anos após o ocorrido, mesmo se tudo for perdoado: por que a pessoa fez isso comigo?


A verdade é que não existem explicações concretas para as traições. Alguns dizem que é algo natural do ser humano, outros que é uma falha de caráter, e há quem afirme que é um ato de egoísmo e quem acredite que se trata de uma expressão de insegurança.

Não é incomum vermos pessoas que traíram expressarem seu arrependimento, inclusive aconselhando outras pessoas a jamais cometerem esse erro. Mas podemos confiar na sinceridade desse pedido de perdão? A verdade é que apenas a pessoa atingida pelo golpe da ruptura da confiança pode avaliar se o “traidor” está sendo honesto, e é aí que mora a maior fonte de dúvidas.

É possível confiar em uma pessoa que traiu você alguma vez? Sim, se estiver apto a perdoá-lo. Se você optar por trazer de volta esse indivíduo para sua vida, é preciso que o perdão seja pleno, que você abra mão da história antiga vivida e juntos deem início a uma nova etapa.

Muitas vezes, relações de diversos tipos não dão certo após o perdão de uma traição, não por conta da pessoa que errou previamente, pois ela estava mais do que disposta a provar que mudou, mas por conta da pessoa que foi machucada, que ao menor sinal de desalinhamento joga a traição na cara do outro envolvido, pois é incapaz de deixar essa parte de suas histórias para trás, já que não consegue confiar verdadeiramente na pessoa ao seu lado. O que é compreensível, afinal apenas quem viveu a dor pode julgar se é possível passar por cima dela ou não.


Reatar laços com alguém que interrompeu a narrativa de vocês dois com uma falha tão grande é um desafio complexo para ambos os lados, talvez mais ainda para quem foi ferido. É necessário muita maturidade para voltar a ter por perto quem o fez sofrer e entender que o erro cometido no passado não foi culpa sua, mas a escolha de ter essa pessoa ao seu lado de novo, com todos os prós e contras, foi.

Por esses e outros motivos, é impossível redigir um guia universal sobre como perdoar alguém e reinseri-lo na sua vida: cada caso é um caso, e são as particularidades que definem como a história será escrita daqui para a frente.

No entanto, não iremos jamais responsabilizar apenas a pessoa traída. Se houver um recado final sobre essa discussão, que seja para aqueles que nutrem pensamentos sobre abalar a confiança de quem considera como “amigo”.

Avalie cada decisão com cautela, especialmente aquela que pode impactar quem quer bem a você. Pode ser algo que lhe cause uma sensação momentânea boa, mas pense se valerá a pena tudo que pode estar botando a perder por um instante de transgressão. Se pode acabar com uma relação boa, evite, pois nem sempre haverá tanta benevolência no coração de quem você feriu para perdoá-lo.


Mulher mora com o marido e o amante na mesma casa, e diz que é tudo de bom! Você conseguiria?

Artigo Anterior

“Me mordeu e eu paguei com amor.” Homem ganha confiança de cadela traumatizada e a alimenta todo dia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.