É possível viver a solidão e se beneficiar dela?

“É impossível ser feliz sozinho”. A célebre frase da letra de Tom Jobim não é tão verdadeira assim, afinal de contas, tudo vai depender da personalidade da pessoa e como ela encara essa solidão.



Viver a solidão não é algo que deve ser encarado como ruim e isso não significa ficar só, afinal de contas, todos acabamos por nos relacionar com amigos, vizinhos, colegas de trabalho e outros.

Em uma sociedade contraditória como a nossa, na qual feliz é aquele que tem um companheiro (a), embora haja um elevado número de divórcios, estar sozinho não é algo ruim desde que você saiba lidar com isso. A solidão pode trazer muitos benefícios e vantagens para as nossas vidas, se encarada da forma correta. Quer saber como? Continue a leitura!


Como encarar bem a solidão?

Muitos livros e poemas famosos foram escritos em meio a momentos solitários dos escritores. Eles souberam tirar proveito desse momento de silêncio e reflexão, ou seja, é possível, sim, aproveitar bem a solidão.


Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar você a encará-la da melhor maneira possível:

1. Foque em você

Certamente você tem muitos planos que não implicam ter alguém por perto. Cuide da sua carreira, comece a fazer algo que tenha prazer ,como cozinhar ou escrever, aprenda coisas que sempre quis, viaje para locais que quer conhecer. Sinta como é prazeroso estar em sua própria companhia!


2. Faça uma autorreflexão

Olhar para dentro de si é algo que não fazemos muito, apesar de precisarmos cada vez mais. Compreender a nós mesmos, entender porque tomamos certas atitudes, refletir sobre as nossas escolhas e aceitar as consequências delas, são coisas que precisamos fazer todos os dias, mas quase não exercitamos isso.


Preferimos emendar um relacionamento no outro ou reatar os antigos, apenas para preencher um vazio com o qual não conseguimos lidar. Aproveite a solidão para olhar para dentro de si e identificar como é possível preencher esse vazio sem precisar do outro.


3. Entenda que o sucesso está em tudo

Quando alguém pergunta se você está namorando e você responde que não, logo a pessoa fala: “uma hora você acha alguém”. Muitas vezes, as pessoas interpretam que o sucesso de uma vida está em um bom relacionamento amoroso. No entanto, a sua vida pode ser um sucesso em várias outras áreas.

Podemos ter sucesso na nossa vida profissional, investindo o nosso tempo em nos aprimorar e sermos os melhores no que fazemos.

O sucesso também pode surgir na área espiritual, quando você consegue identificar a sua paz interior, uma tranquilidade que poucos conseguem atingir. Há sucesso também com a família: pais, irmãos, primos. Enfim, há várias formas de ser bem-sucedido.


O que fazer quando viver a solidão torna-se prejudicial?

A solidão pode ser benéfica, mas também pode fazer mal,quando não sabemos lidar bem com ela. Isso acontece quando estar só torna-se sinônimo de tristeza e fracasso. Encarar a vida dessa forma traz muitos dissabores.

Muitos sentimentos, além da tristeza, podem ser identificados a partir disso. A autoestima baixa, por exemplo, é um deles. Acabamos nos submetendo aos outros e as suas vontades para que nos aceitem e nos permitam permanecer por perto para que não nos sintamos só.

Outro sintoma é o isolamento social. Muitas pessoas que se sentem sozinhas acabam procurando uma maneira de se isolarem ainda mais, já que não se sentem bem e confiantes para estarem na companhia de outras pessoas e preferem ficar em casa. Saem apenas quando é necessário, por exemplo, para ir ao trabalho.

Segundo o Dalai Lama, “os seres humanos são criaturas sociais, e sentir-se valorizado pelos outros é a própria base da vida”.

De acordo com o psicólogo Paulo Cesar T. Ribeiro, a solidão é uma manifestação humana de extrema preocupação, pois a pessoa se sente sozinha no mundo.

Tenha cuidado com esse tipo de comportamento, pois ele pode desencadear uma doença ainda mais complexa: a depressão.

Os pensamentos negativos também tendem a aparecer. Começamos a ter certas neuroses de que tudo vai dar errado, de que vamos ficar sozinhos e infelizes pelo resto da vida e de que não somos boas companhias. O pensamento negativo de que estarmos sós é uma consequência de sermos pessoas ruins e não desejáveis, também é uma constante.


Como lidar com a solidão indesejada?

Essa forma de solidão que acabamos de descrever precisa ser combatida e tratada antes que leve a um problema maior e existem algumas formas de se fazer isso:

  • Procure ajuda profissional: se você sente que quer sair dessa situação, mas que não consegue sozinho, o melhor a fazer é procurar um psicólogo ou psicanalista para te ajudar a compreender esses sentimentos e sensações;
  • Não se vitimize: colocar-se como culpado da situação em que se encontra e com o pensamento de que você está onde deveria estar, não é algo saudável. A nossa mente tem as ferramentas necessárias para nos tirar dessa situação;
  • Não se isole: provocar o isolamento social é uma das formas de perpetuar esses sentimentos ruins e os pensamentos negativos. Enxergue que você é uma boa companhia para os outros e para si;
  • Conheça a si mesmo: aproveite esse momento para refletir e pergunte-se como chegou a essa situação e por quê. Reflita sobre as escolhas que fizeram com que você chegasse a esse ponto na sua vida.

Solidão e depressão

Elas não são a mesma coisa, mas uma pode ser consequência da outra. Quem se sente sozinho, de uma forma ruim, pode sim desenvolver a depressão, mas isso não é uma regra, ou seja, você pode se sentir na solidão e não ficar depressivo, mas a solidão pode ativar o gatilho para a doença.

É bom ter em mente que depressão é uma doença e não um estado emocional simplesmente. Na depressão, há uma redução de certos neurotransmissores o que, por sua vez, acaba trazendo maior angústia, tristeza e sofrimento para o portador dela.


Quem vive sozinho é solitário?

Uma coisa não tem a ver com a outra. Viver sozinho é uma opção de cada um, feita de livre e espontânea vontade ou por circunstâncias da vida, como quando um dos cônjuges falece. Há vários motivos que levam alguém a querer viver só, como não querer a interferência de outras pessoas em sua vida ou mesmo por valorizar a privacidade.

Quem se sente solitário e se sente infeliz com isso, precisa buscar ajuda, já que isso pode abrir caminho para a tristeza e um vazio de que não se tem controle,.

Entretanto, sentir-se solitário não quer dizer que se esteja só, afinal de contas, existem pessoas com uma família grande e vários amigos, mas que, ainda assim, sentem-se sozinhos.

A resposta está  dentro de nós. Busque mais momentos de reflexão, pare um pouco durante o dia e avalie se é ou não desta forma que deseja viver.

Viu como viver a solidão depende muito mais de um ponto de vista ou momento da vida?

Compartilhe esse post com os seus amigos nas redes sociais e ajude-os a ver a solidão como algo que pode ser prazeroso.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.