É preciso amar a vida e confiar! A nossa inteligência superior é infinitamente sábia



Eu amo amar. Sempre disse que meu coração é que nem coração de mãe, sempre tem lugar para mais um. Mais amigos, mais histórias, mais nacionalidades, mais comidas, mais livros, mais inspirações, mais aprendizados, mais animais de estimação, mais vida! 

Quando comecei a estudar autoconhecimento, primeiro, eu absorvia o conteúdo com o cabeção e não com o coração. Com esse olhar, vi parte da minha própria sombra e me assustei.

Pensei que ser doce e amorosa com os demais tinha origem em minha carência e necessidade de carinho e atenção. Com isso em mente, sofri ainda mais, pois me senti uma farsa. Acreditei nisso e sofri. Até me cansar.

Mas conforme os anos passaram e dilui as grossas camadas até meu coração através de muita meditação e conexão interior, eu me reencontrei com a doçura e amorosidade. Descobri que elas nunca me deixaram, mesmo quando eu só via sombras.

Descobri que ser doce mesmo em dias amargos, é uma escolha. Que amar e perdoar mesmo quando o outro tentou lhe ferir, é um ato onde todos ganham, principalmente eu.

Descobri que ser leve e viver de coração aberto, confiando na minha inteligência interior, é o maior ato de liberdade com o qual se pode ser feliz. 

Laços podem rapidamente serem feitos. Mas é com o decorrer do tempo que eles se mantêm vivos dentro de nós. E o que é verdadeiro, nunca poderá ser destruído, nem pela morte. Porque quando alguém que amamos morre, não deixamos de amá-lo.

Amar a vida é o melhor benefício que você pode se proporcionar. Amar o que você faz é o melhor trabalho que você pode ter. Amar as pessoas, respeitando a distância saudável para o relacionamento é o aprendizado mais saudável para cada dia.



Se você não sabe onde foi parar sua doçura e amor pelos outros e pela vida, feche-se. Recolha-se. Mergulhe dentro de você. Limpe as grossas camadas de sofrimentos, mágoas, medos, traumas… coloque-se à disposição deles. Viva-os dentro de si. E como um copo que se rompe em mil pedacinhos, todas essas emoções explodirão sozinhas dentro de você, uma vez que olhar firmemente para elas.

E então, como fazemos em casa, pegue uma vassoura, varra, coloque os caquinhos bem enrolados no jornal para não machucar você nem a ninguém mais. Passe o aspirador. Um pano úmido. E deixe sua casa limpa novamente.

A leveza será inerente ao ato. Você respirará mais profundo. Sentir-se-á leve. E naturalmente, sorrirá. Do sorriso, virá a gentileza. Dessa, o amor e a doçura com tudo ao seu redor. Confie! A sua inteligência superior é infinitamente sábia. 


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / innarevyako






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.