É preciso calmaria… É preciso leveza…



Texto criado diante da reflexão da letra da música “Tocando em frente”.

No percurso da vida, por muitas vezes, andamos com pressa, afinal de contas, a sociedade nos convoca a ter pressa porque o tempo é curto demais.  Não é mesmo?

Mas é preciso calma, leveza para sentir a vida passar; para poder seguir a vida.

E nessa calmaria, ora podemos chorar, ora podemos sorrir, mas com uma certeza: Sempre aprendemos.

As dificuldades enfrentadas nos permitem sentir mais fortes, mais experientes, mas sempre em busca de aprendizados, pois, “muito pouco sei ou nada sei”.

Precisamos conhecer o desconhecido e aprofundar em conhecer o já conhecido. Conhecer para não julgar… Conhecer para entender. Então é preciso “Conhecer as manhas e as manhãs.”

E esse caminho de sorrisos e choros, alegria e tristeza, sucesso e fracasso conseguimos segui-lo com menos dureza e mais leveza quando o amor se faz presente.

O amor permite-nos pulsar. Pulsar é viver. Viver é pulsar. Ora sorrimos. Ora choramos. Sempre aprendendo.



Um dia chegamos e no outro vamos embora. É preciso chegar e também é preciso partir. Esse é o dom da vida! A vida sempre nos permitindo a seguir o livre arbítrio – Dádiva de Deus.

No final descobrimos o mistério: A verdade é que nós somos os compositores da nossa própria jornada de vida. Permitam-se! Querem um conselho? Continuem TOCANDO EM FRENTE…

_________

Direitos autorais da imagem de capa: amirkaljikovic / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.