AmorColunistasRelacionamentos

É preciso coragem para amar!

É preciso coragem para amar pois amar é o maior ato de loucura que se pode cometer. Amar é entregar-se à vida e opor-se a tudo que não seja amar. É viver cada segundo como o último e não pensar em grandes consequências além do amor em si.



É superar cada obstáculo que fatalmente se impõe no caminho contanto que o amor seja intocado. É entregar a própria vida nas mãos de outra pessoa, e o próprio sangue, e a própria alma e juntos se entrelaçarem como duas espirais numa cadeia de dna.

É preciso coragem, como a dos Romeus e das Julietas que enfrentam mortes para amar em vida. É preciso a coragem dantesca de ir dos infernos aos céus em busca de seu amor. É uma loucura amar, pois se sofre, padece, se ri e depois chora, de tristeza depois de alegria depois de saudade, de saudade gostosa e depois infinita. O amor machuca e ele mesmo se cura e o amor é tudo e por isso é loucura.

é preciso coragem2


É preciso coragem, por que muitas vezes, quando conseguimos voar, não podemos ou não queremos mais voltar ao chão.

É preciso força para atravessar a linha sem volta e olhar para um futuro desconhecido com os olhos da esperança, com fé de que tudo vai e pode dar certo, mas que mesmo que não aconteça, leva-se o gosto de haver tentado e não haver desistido de si mesmo. O amor precisa da loucura para sobreviver, precisa dela para ser mais belo, precisa da loucura para ser infinito, sem a previsibilidade da razão.

É preciso a coragem louca dos apaixonados das comédias românticas,  que sobem em palcos e cantam seu amor inapropriadamente no momento certo.  Ou fazem pedidos de casamento tendo estádios como plateias. Daqueles que se declaram no meio do aeroporto ou mesmo dentro do avião o impedindo de partir levando para longe seu amor.

É preciso o amor louco para ser feliz, capaz de te tirar da rotina, de te enterrar o tédio e te energizar. De te surpreender com um novo inesperado sempre. Mesmo que numa vida normal, de poucas aventuras além do trabalho e da família. Mas que vive numa normalidade mágica, anormal. Feliz. Porque se amam.


E quando se ama, tudo parece em outra dimensão, com cores mais intensas e paisagens invisíveis aos olhos mortais.

O mundo precisa de amor, precisa de loucos de amor, como dos mártires que amaram até a morte ao próximo e deram suas vidas por causas e sonhos considerados impossíveis.

O mundo precisa de coragem. A coragem de amar uns aos outros. Mas somos muitos racionais, e pensamos que amar é loucura.

Pois nem sempre conseguimos amar a nós mesmos, e o amor começa em si e não em dó de si. Aí então possamos talvez nos sentir mais confiantes a amar alguém e amados então quem sabe não possamos amar ao mundo!


Mas voltando ao amor, confie em mim, que mesmo sendo uma loucura, e seja preciso muita coragem, o amor é, na vida, só o que vale a pena.

 

Podem me chamar de ciumenta, mas ex boa é ex morta

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.