publicidade

E se o que tivermos for só esse momento?

E se tudo que tivermos nesta vida for somente um único momento?

Ela estava diante dele, toda linda e entregue, com sua alma suplicando que ele a beijasse.



Em meio ao silêncio daquele momento, daquela noite quente de verão, seu coração disparava, apaixonada!

Uma paixão que a habitava há meses, desde o dia em que se olharam pela primeira vez e trocaram, sem pretensões, o primeiro sorriso. Um laço os abraçara naquele dia e em instante algum os soltara…

_ Eu gostaria de te confessar algo. _ ele quebrou o silêncio.

_ Então… confesse.


_ Ah, eu não posso fazer isso…

Ele se levantou dando longos passos pra longe dela e quando seu coração desesperado pensou que ele fosse ir embora, ele volta passando as mãos pelos cabelos, atordoado:


_ Não vê que isso não pode existir?

_ Do que você está falando…? _ ela sabia, mas fez que não.

_ Eu falo de nós! De mim, de você, disso que eu sinto toda vez que estou do seu lado!

Quase tudo que ela queria ouvir havia sido dito. Faltava pouco, bem pouco pra que ela pudesse ir de encontro aos seus braços e amá-lo como sempre desejou.

_ Não vê que nada disso pode existir? Que eu não posso amar você?

Ela sabia que ele não poderia amá-la, mas ainda assim o amava. Seu adorado amor era comprometido com outra pessoa e o relacionamento deles era praticamente impossível. Ela sabia disso, sempre soube! Mas seu coração travesso não a respeitou e sem mais escolheu por ela… Só não sabia que era amada também. E como ela queria viver aquele amor, ainda que nunca mais voltasse a vivê-lo!

Naquele momento, ela queria aquele amor.

Sem nada dizer, aproximou-se do angustiado homem e suavemente tocou sua mão.

_ Por favor, não faça isso… _ pediu ele como em sussurro.

_ Não vê que tudo o que temos é este momento?

_ O… quê? _

_ Foi o que eu disse: este momento, um único momento pra nós dois. Por que não vivê-lo?

Seus olhos se encontraram mais uma vez, apaixonados.


 

Eu sei, que assim como este casal, tudo que você mais quer é viver um amor. Muitas vezes, um amor que não pode estar com você por uma série de motivos. Mas a vida te deu uma oportunidade, aquela única oportunidade que te faz perguntar: “então esta é minha única chance?”

E se tudo que tivermos nesta vida for somente um único momento?

Irei aproveitá-lo ou me perguntar o resto dos meus dias porque eu não fui feliz, mesmo sabendo que por algumas horas, dias, minutos!?

Por que eu não me permiti amar, por que não abracei aquele momento mesmo consciente de que ele jamais voltaria?

A vida é como um grande parque de diversões. Alguns brinquedos te causam uma emoção incrível, e outros, você odeia. Mas o barato nisso tudo é ir neste parque e experimentar todos os brinquedos, mesmo que alguns não sejam o que esperava. Você recebe um bilhete premiado, um ingresso para o brinquedo que estará no parque somente uma única vez. Você deixará de ir?

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.