3min. de leitura

É tempo de transformação…

O final do ano se aproxima. Quando ele chega, parece que tudo passou rápido demais, como um piscar de olhos, talvez mais rápido do que gostaríamos. Mas isso não é bem verdade: este foi um ano intenso, tenho certeza. Foi cheio de lutas diárias, de expectativas e sonhos que fizeram de você um ser singular.



Poucas datas têm o poder de despertar em nós a reflexão como o final do ano. O fato é que, provavelmente, isso ocorre porque é quando nos damos a oportunidade de parar – um momento cada vez mais raro, não é verdade?

Depois de retomar todas as coisas que havia planejado, todas as vitórias alcançadas, as situações inesperadas e até mesmo o que ficou para trás, é tempo de uma preciosa limpeza. Não é por acaso que muitas pessoas deixam para organizar seus armários, para colocar para fora aquilo que não serve mais e que só ocupa espaço. Em seguida, pode se ocupar com o novo. Um carro? Um curso? Uma casa nova ou uma reforma?

Sem dúvidas todas essas coisas são significativas. Mas e quanto ao seu emocional?


Mesmo sendo uma parte importante do nosso ser, frequentemente a renegamos. É muito fácil esquecer o que está dentro na cultura do consumismo e da aparência. Todavia, aquilo que guardamos na nossa mente, embora não ocupe espaço, também nos prejudica: como água estagnada, as emoções que desprezamos e mantemos dentro da gente se deterioram e se tornam tóxicas.

Não permita que esses sentimentos nocivos permaneçam em você!

Assim como a fênix, precisamos nos desfazer de nossas velhas penas para que novas nasçam em seu lugar. Use os seus arrependimentos não para se culpar – isso não serve para nada! –, mas para aprender com eles; faça daquilo que não deu certo, novos caminhos e não o fim deles; busque o que te faz feliz; busque o que te faz sentir leve; busque o amor e não seus substitutos.


Não há problema nenhum se você precisar chorar ou se você sente saudades – a saudade é o preço do amor. Estar verdadeiramente em contato com as nossas emoções nos permite viver o tempo presente, acredite, e nos permite tomar decisões mais congruentes. Algumas coisas, entretanto, podem precisar ficar para trás. É impossível alcançar a mudança sem que se abra mão de algo.

Não podemos controlar tudo o que acontece com a gente, mas temos a responsabilidade de escolher o que fazer com isso.

Então, o que você deseja para este novo ano?

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 23/12/2016 às 12:43






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.