Família

Ela descobriu que os pais biológicos de sua filha adotiva eram sem-teto e os levou para morar com ela

capaela descobriu que os pais biologicos de sua filha adotiva eram sem teto e os levou para morar com ela
Comente!

Uma história muito especial, de encher o coração de esperança. Confira!

Todos sabemos que a adoção é um ato de amor poderoso, que transforma inúmeras vidas. No entanto, para Vanessa McGrady, ele foi ainda além do habitual.

Além de adotar uma menina, que realmente precisava de um lar de segurança, ela ainda criou um vínculo muito poderoso com os pais de sangue da criança, em uma história que nos mostra que ainda há inúmeras almas boas neste mundo.

Em uma entrevista à CNN, McGradym autora do livro “Rock Needs River” contou mais detalhes sobre sua história inusitada, e também muito incrível, sobre a adoção.

A mulher, que vive na Califórnia, EUA, não teve uma experiência fácil com a maternidade. Antes de decidir recorrer à adoção, ela tentou engravidar diversas vezes, tendo sofrido muitos abortos espontâneos durante este período.

No entanto, como ter um filho era o seu maior sonho, sendo ele biológico ou não, assim que percebeu que engravidar não daria certo, ela e seu então marido, Peter, foram em busca da adoção, e em 2011 conhecer Bill, um veterinário da Marinha, por meio de uma agência de adoção.

Bill e sua companheira Bridgett são biológicos de uma menina chamada Grace, que na época tinha apenas 2 anos. Eles tinham um estilo de vida bastante complicado, que não era o mais ideal para criar uma criança.

Então, decidiram que Grace deveria viver com Vanessa, em um processo conhecida como adoção aberta, onde os pais biológicos mantêm uma comunicação contínua e saudável com o filho e sua nova família.

Grace se mudou e passou a viver uma vida incrível com sua nova família, tendo permanecido em contato com os pais biológicos frequentemente, através de mensagens nas redes sociais por dois anos e meio, até que se reencontraram novamente.

2ela descobriu que os pais biologicos de sua filha adotiva eram sem teto e os levou para morar com ela

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @vanessamcgrady

Em 2013, a história de todas essas pessoas sofreu uma poderosa reviravolta. Vanessa tinha se separado de Peter, e acabou por descobrir que Bill e Bridgett estavam passando por sérias dificuldades. O casal havia saído do apartamento alugado por causa de uma infestação de percevejos e estava morando em uma barraca.

A situação tocou profundamente a mulher, que resolveu, então, oferecer a sua própria casa para eles morassem. Essa é uma escolha que realmente poucos fariam, porque a convivência não é algo fácil, especialmente com pessoas com as quais não possuímos qualquer intimidade, e que pouco sabem sobre nossas vidas.

Nas primeiras semanas, tudo foi bastante tranquilo, mas com o tempo, as diferenças começaram a aparecer, e cada um seguiu o seu caminho. Atualmente, McGradym e os pais de Grace possuem algumas diferenças e não têm uma relação muito boa, mas apesar disso, ela diz que sempre será grata a Bill e Bridgett, porque sem eles não teria Grace.

A mulher também manifestou o desejo de que algum dia eles consigam se acertar e viver uma relação saudável, porque sabe que o casal também ama muito a menina.

3ela descobriu que os pais biologicos de sua filha adotiva eram sem teto e os levou para morar com ela

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @vanessamcgrady

Como sabemos, os relacionamentos sociais não são algo fácil, e estamos frequentemente sendo confrontados pelas crenças, hábitos e valores distintos das outras pessoas, por isso é bastante comum que diversas pessoas que entrem em nossos caminhos não permaneçam por muito tempo, seja a nível de amizade, trabalho ou romance.

O que realmente importa no caso de Vanessa e os pais de Grace não é o fato de as coisas não terem dado certo, mas a sua disposição em receber debaixo de seu próprio tempo as duas pessoas, que estavam realmente precisando de ajuda.

A generosidade e a abertura emocional demonstradas por essa Vanessa são provas de que ela está criando a filha da melhor maneira possível!

Comente!

Maior enxurrada dos últimos 32 anos leva Corpo de Bombeiros da Bahia a monitorar dez barragens

Artigo Anterior

Por que homens mais jovens costumam preferir mulheres mais velhas; a psicologia explica

Próximo artigo