Comportamento

“Ela não tem o direito de tomar o espaço de um ator”, diz Hugo Gross sobre Jade Picon

Foto: Reprodução
22Ela não tem o direito de tomar o espaço de um ator22 diz Hugo Gross sobre Jade Picon site

Nas redes sociais, parte do público pede que atores reconhecidos ocupem os lugares nas novelas e demais produções.

Desde que foi anunciada como atriz da próxima novela das 21h, na Rede Globo, Jade Picon tem enfrentado uma onda de críticas e negativas de um segmento do público. A justificativa? Muitos acreditam que ela não deveria ocupar o lugar de um ator ou de uma atriz apenas por ter participado do reality show Big Brother Brasil 22 e ser uma influenciadora digital.

Sob o nome de “Travessia”, escrita por Gloria Perez, a novela se passa no nordeste brasileiro, e tem previsão para estrear em setembro desse ano, assumindo o lugar de “Pantanal”. Na trama, a autora pretende explorar a relação do homem com a tecnologia, com ênfase para a dependência dos smartphones.

Os rumores de que Jade Picon faria parte do elenco pegou a classe artística de surpresa, isso porque, de acordo com reportagem da IstoÉ, ela não possui o registro necessário para trabalhar como atriz. O ator e presidente do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro (SATEDRJ) há 15 anos, Hugo Gross é um dos que defendem que ela não deveria ocupar a função de outra que é regulamentada e tem as habilidades necessárias.

Segundo Gross, não é porque Picon está sob os holofotes que tem o direito de tomar o espaço de um ator ou atriz que trabalha há anos na área. Ele explica que o papel do sindicato é justamente proteger os artistas, e explica que esse trabalho é extremamente necessário no atual governo, já que nem os políticos e nem as emissoras de televisão valorizam os profissionais.

2 Ela não tem o direito de tomar o espaço de um ator dispara Hugo Gross contra Jade Picon

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @hugogross_oficial

Para ele, é extremamente errado e ele reforça que acredita ser um “absurdo” que ela pegue o lugar de alguém que seria melhor para o papel, que já estudou na área ou que se dedica há muitos anos para ocupar aquele cargo, tendo o registro oficial da profissão. Gross explica que é preciso preparo, é preciso saber a diferença entre teatro e televisão, e é preciso um embasamento artístico, coisa que Jade não possui.

A ênfase em defender que apenas quem possui DRT pode trabalhar na área é grande, principalmente porque Gross defende que a classe artística se una, assim essas escolhas equivocadas não aconteceriam. Ele ainda reclama que alguns grupos de teatro e emissoras de televisão estão em busca de números de seguidores nas redes sociais, e que isso também não é certo.

O presidente do sindicato ainda reforçou que, caso a Rede Globo não siga todos os trâmites exigidos para colocar Jade Picon na trama, a organização vai agir legalmente para barrar a participação da influenciadora digital na obra de Gloria Perez. A equipe da ex-sister não entrou em contato com a equipe de reportagem da IstoÉ, que deixou o canal aberto para qualquer manifestação e/ou resposta.

Jade Picon

Em entrevista à Vogue, Jade explicou que sua carreira como influenciadora começou muito cedo, e que criou sua conta no Instagram quando tinha apenas 11 anos de idade. Ela contou que sofreu com os haters aos 13 anos, mas que hoje, aos 20 e com mais de 20 milhões de seguidores, sente que amadureceu o suficiente.

Além disso, a influenciadora explicou que seu maior sonho é se tornar atriz, e que gostaria muito de estudar e poder assumir algum trabalho no futuro. A entrevista foi conduzida durante o Baile da Vogue 2022, no final de abril, e a polêmica sobre o papel em “Travessia” ainda não tinha se tornado pública.

0 %