Família

“Ele é parte de nós”: família rompe preconceitos e adota menino que precisava de um lar!

capaele e parte de nos familia rompe preconceitos e adota menino que precisava de um lar

Para essa família, o amor é muito mais importante do que a cor. Conheça sua história!



“O amor não tem cor”, esse é o lema de uma família dos Estados Unidos, que adotou um menino que estava em busca de um lar e tem mudado sua história através do amor e acolhimento.

Em entrevista ao TODAY, Dominique e Kevin Gill, que vivem em Nashville, Tennessee, compartilharam sua história com o filho adotivo Andrew, que começou há 2 anos.

A princípio, eles não tinham a intenção de ser pais adotivos permanentes do menino de 12 anos, apenas ficariam com ele até que encontrasse uma família permanente. No entanto, seu pensamento mudou.


Andrew passou por duas adoções, que falharam, mas sempre ficou muito bem na casa da família, apesar de ser muito tímido, no princípio, e não querer conversar muito. Ele construiu uma amizade sólida com o filho do casal, Joc, e o tempo foi fazendo Dominique e Kevin perceberem que talvez o menino estivesse destinado para eles.

2ele e parte de nos familia rompe preconceitos e adota menino que precisava de um lar

Direitos autorais: reprodução Facebook/Dominique Gill.

A mulher disse que percebeu, após a segunda adoção falhar, que “Deus colocou Andrew em suas vidas por um motivo” e que “fez com que a adoção não desse certo para que ele pudesse voltar para eles.”

Então, em maio de 2020, eles decidiram abrir o coração para Kevin, sobre o que estavam sentindo por ele, e lhe perguntaram se ele gostaria de fazer parte de sua família permanentemente.


Dominique contou que o menino chorou muito, aceitou o convite e disse: “Obrigado por me aceitar”, “Obrigado por não desistir de mim”.

3ele e parte de nos familia rompe preconceitos e adota menino que precisava de um lar

Direitos autorais: reprodução Facebook/Dominique Gill.

Apesar de, quando ainda estavam se conhecendo, Andrew se comportar mal e gritar, em uma tentativa de afastar a família, ela disse que sempre soube que ele era uma boa criança, que apenas havia passado por muitos traumas.

Ela disse que nunca desistiu do menino, e os resultados de seu esforço foram muito especiais. Com o tempo, Andrew aprendeu a controlar suas emoções e não tem nenhuma crise há mais de um ano.


Eles são uma família muito feliz, que sabe como oferecer e receber amor, e têm realizado um especial progresso juntos.

Apesar disso, parece que sua união acaba por impressionar algumas pessoas.

Por ser uma família negra e Andrew branco, eles acabam recebendo muitos olhares, segundo Dominique. No entanto, isso não incomoda nenhum deles.

4ele e parte de nos familia rompe preconceitos e adota menino que precisava de um lar

Direitos autorais: reprodução Facebook/Dominique Gill.


Andrew marcou a opção “sem preferência”, quando perguntado sobre sua preferência racial para seus pais adotivos. Já Dominique disse que “o amor não tem cor” e que Andrew é seu filho e uma parte deles, assim como Joc.

Essa família é uma prova de que o amor vem de dentro de nós e que é maior do que qualquer física.

Desejamos muita felicidade a essa família!

Compartilhe sua história nas redes sociais!


Menino raspa a cabeça para apoiar a irmã de 3 anos, com câncer. Ela vence a doença!

Artigo Anterior

Projeto de médico brasileiro leva saúde e conhecimento gratuitos a 30 mil moradores da Amazônia!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.