publicidade

Ele não lhe quer mais, aceite!

Se o rapaz não lhe quer mais – posição que ele já reforçou com todas as letras e por meio de diversas atitudes -, esqueça-o de vez, por mais difícil e doloroso que isso possa lhe parecer.



Eu sei que você ainda deseja ficar com ele e que o ama pra chuchu, mas, se analisar com frieza a recente postura dele, perceberá que a recíproca está longe de ser verdadeira, ou seja, ele não dá mais a mínima pra você.

Para tentar fazê-lo voltar aos seus braços, você foi de São Paulo a Manaus de joelhos, pichou – de cabo a rabo – a Muralha da China, convenceu o Zezé a ser a sua segunda voz em uma serenata, fez um pacto de sangue com a mãe dele, vendeu a alma ao demo, matou sete periguetes e… mesmo assim, ele nem sequer voltou a olhar em seus olhos, tratando-lhe como se você não passasse de um caroço de azeitona totalmente chupado, sem sabor e esquecido dentro de uma caixa redonda de papelão. Estou errado? Então, em nome do amor-próprio que ainda deve existir dentro do seu coraçãozinho tumultuado, pare de se humilhar. Pare de esmolar o carinho de alguém que, quando recebe uma nova mensagem sua, diz: “Que saco! Será que ela não é capaz de entender que não dá mais, que a fila andou?”.

Quando lhe vê, ao invés de frio na barriga e borboletas alvoroçadas no estômago, agora ele sente medo de ser sequestrado, o que me leva a crer que você já passou dos limites, e que precisa, com urgência, encontrar as forças que necessita para continuar sem ele. Moça, você precisa aceitar que não deu certo e que nada neste mundão fará com que o lance, entre você e ele, volte a ser como foi um dia.

 


___

Por: Ricardo Coiro – Via: Superela (Superela é uma plataforma capaz de fazer as mulheres mais felizes, tudo de especial sobre Amor, Sexo, Vida, Beleza e Estilo! Mais textos incríveis em: Superela.com)


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.