publicidade

Ele trabalhou na roça e morou na escola, mas não desistiu. Hoje é um juiz de sucesso!

O juiz Fábio Francisco Esteves enfrentou grandes dificuldades para conseguir estudar, mas sua persistência o levou a realizar o seu maior sonho. Grande exemplo para todos nós!



Para muitas pessoas, a educação ainda é um privilégio, elas passam por dificuldades e enfrentam grandes problemas para conseguir uma vida digna e bem-sucedida através do estudo.

Uma dessas pessoas é o juiz Fábio Francisco Esteves, do Tribunal do Júri do Distrito Federal. Formado em 2003 e tendo assumido a magistratura em 2007, ele venceu muitos obstáculos desde a infância para alcançar a posição que sempre desejou.

Fábio nasceu no interior de Mato Grosso do Sul e lá viveu grande parte de sua vida. De família humilde, filho de dona de casa e pai analfabeto, o estudo sempre foi uma luta diária. Logo na infância, ele enfrentava a dificuldade de não haver escola na zona rural, onde vivia.

No entanto, depois de um apelo de seu pai à prefeitura, uma escola foi construída para que os jovens tivessem acesso à educação, mas ela ficava a 23 quilômetros de distância, uma grande dificuldade para a família.


Para não perder as aulas, Fábio passou a morar de favor na escola. Cuidado pelos professores, ele dormia na sala de aula. Desde essa época, já acalentava o sonho de ser juiz.

Esse sonho veio de um manual de profissões. Ao G1, o juiz contou que nunca tentou a advocacia, sempre desejou a magistratura. Ele queria seguir a profissão porque lhe permitiria realmente fazer a diferença na sociedade, melhorar a própria vida e a das pessoas ao seu redor.

Mesmo com todas as dificuldades que enfrentava diariamente, nunca abriu mão de estudar e batalhar por uma realidade melhor, e todo o seu esforço foi recompensado quando se tornou a primeira pessoa de sua família a entrar no ensino superior e concluí-lo.


Em 2003, Fábio formou-se na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e, em 2007, assumiu o cargo de juiz substituto no Distrito Federal. Atualmente, é juiz titular e, em dezembro de 2019, tomou posse como vice-presidente da maior associação de juízes do mundo, a Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), com a missão de conduzir os trabalhos de proteção dos direitos humanos.

A história de vida desse juiz é realmente inspiradora, e uma das coisas mais interessantes sobre ele é que não desistiu do sonho de ajudar pessoas que enfrentam a mesma condição dele anos atrás.

Fábio sempre participou de projetos sociais, mas agora pode explorar ainda mais maneiras de oferecer oportunidades aos menos favorecidos. Ele está à frente de um projeto chamado “Educação em Direito”, que oferece gratuitamente noções de direito e cidadania a pessoas de baixa renda na cidade de Brasília. Alguns dos temas abordados no projeto, que começou com o apoio de uma amiga, são direito do consumidor, direito à saúde, à educação e à privacidade.

No último mês, o juiz completou 13 anos de magistratura e, com alegria, mostrou o seu compromisso em continuar promovendo a igualdade através da justiça.

Fábio é um grande exemplo do poder da educação, pois através dela pôde alcançar seu sonho, viver dignamente e ajudar outras pessoas a também buscar os próprios objetivos.

Um verdadeiro exemplo para todos nós!

Compartilhe esta história inspiradora em suas redes sociais!

 

Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: reprodução Facebook/Fábio Francisco Esteves.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.