ColunistasComportamento

A elegância do ser e não do ter!

A ELEGÂNCIA DO TER E NÃO DO SER capa e dentro

Quando a minha fase de insegurança quanto ao meu físico acabou, fui ganhando mais e mais gosto por cuidar de mim, pôr-me bonita, comprar roupas, maquilhar-me, enfim, todas essas coisas que nos fazem sentir mais mulheres, mais seguras.



O meu estilo mudou. Ou então sempre tinha sido esse o meu estilo: passei de usar qualquer roupa que tinha no armário para um visual clássico e que valorizasse mais o meu corpo.

Foi aí que fui recebendo elogios das minhas amigas, que perguntavam onde tinha comprado o que estava a usar e, dias depois, apareciam a usar igual.

Fiquei furiosa, pois como a aquariana que sou detesto ser igual aos outros, ou ser copiada.


Mas cheguei a uma conclusão: o que me fazia sentir-me confiante não eram as roupas ou maquilhagem, mas o amor que sentia por mim mesma. Considero-me uma mulher elegante, educada, simpática e inteligente. Não é uma marca que determinará isso, nem uma competição com outras mulheres para saber qual é a mais atraente.

As amigas que tive sempre valorizavam o físico, como é normal em todas as mulheres. Porém, achavam que ser chique era estar bem vestido. Olhavam uma mulher bonita e admiravam-na pelo seu aspeto, partindo automaticamente do pressuposto que aquela era uma mulher completa, de bem com a vida.

Falavam de marcas, como se ter uma carteira Chanel fosse um objetivo de vida.

As mulheres mais elegantes que conheço normalmente são mais velhas que eu. São um exemplo para mim, pelo seu carisma e conversa, pela maneira única como contam histórias e expressam opiniões. Por serem únicas.


Engraçado que, para mim, essas são as mulheres mais bonitas. As que são atraentes ao ponto de querermos passar horas com elas, simplesmente a conversar. São essas as mulheres que conquistam o Mundo, e ficam na História, ou, pelo menos, na nossa memória.

Como atrair e manter o verdadeiro sucesso em um relacionamento:

Artigo Anterior

A importância de escolher o alimento da mente…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.