Pessoas inspiradoras

“Eles são 3 anjos.” Jovens de 17 e 18 anos salvam idosos de incêndio grave em asilo

Os três jovens iam jogar basquete numa quadra próxima quando se depararam com um incêndio de grandes proporções. Sem hesitar, entraram no prédio para ajudar as pessoas que estavam ali.



Não são todas as pessoas que têm coragem de enfrentar grandes desastres apenas para salvar o próximo. Algumas não são capazes nem sequer de perceber que existem pessoas precisando de ajuda, como se não tivessem nada a ver com o problema alheio, esquecendo-se de que vivemos em sociedade.

Mas três jovens do Canadá, dois de 17 anos e um de 18, não pensaram duas vezes quando se depararam com um grave incêndio em um asilo, e souberam que ainda havia pacientes nos andares do prédio. Eles imediatamente entraram no local e começaram rapidamente a evacuar os quartos, sem tempo para sentir medo ou mesmo para hesitar, já que eles “foram criados para agir dessa maneira”.

Tudo aconteceu em Edmonton, quando Ryken Glew e Jackson Brown estavam indo a uma quadra para praticar basquete. Os jovens, de apenas 17 anos, ficaram espantados quando viram a quantidade de fumaça que saía de uma instalação que abrigava idosos. Imediatamente correram para a porta do prédio para saber se os funcionários precisavam de algo ou se já haviam chamado os bombeiros.


Jackson, em entrevista ao CTV News, conta que imaginava que os idosos teriam dificuldades para evacuar o local, e assim que receberam a notícia de que ainda haviam moradores lá dentro, correram até o quarto andar, esvaziando todas as salas onde ainda havia pessoas.

Os dois iam de porta em porta, batendo e avisando do incêndio, informando que precisavam sair imediatamente. Caso ninguém saísse do recinto, eles abriam cada quarto, apenas para ter certeza de que ninguém ficaria para trás.

Direitos autorais: reprodução YouTube/CTV News.

Ryken conta que a única coisa que eles pensavam era em tirar todas as pessoas “o mais calmamente possível”, certificando-se de que bateram em todas as portas. Ele ainda afirma que eles deram o seu melhor, e isso era o que estava ao alcance dos jovens naquele momento.


Jackson revela um dos pensamentos que o nortearam naquele momento: como seria se sentisse falta de alguém e descobrisse que essa pessoa estava presa no prédio em chamas? Ethan Katicic, de 18 anos, estava indo para a mesma quadra, ao encontro dos dois amigos, quando passou pelo incêndio e decidiu entrar imediatamente para ajudar.

Ele nem sequer sabia que Jackson e Ryken estavam ali, e se concentrou em recolher todos os animais de estimação que haviam ficado para trás, assim que percebeu que todos os residentes já haviam saído. Nesse momento, encontrou uma mulher lutando para sair do prédio e a carregou nos braços até o lado de fora.

Direitos autorais: reprodução YouTube/CTV News.

Direitos autorais: reprodução YouTube/CTV News.


Richard Belley expressa o tamanho da sua gratidão aos rapazes, principalmente porque seu pai mora naquela casa de repouso. Assim que recebeu uma ligação dos funcionários informando sobre o assunto, ele parou o que estava fazendo e foi até o prédio.

O homem se desesperou quando percebeu que o incêndio já havia consumido o topo do edifício, imaginando que teria invadido o quarto andar, onde seu pai morava. Os três jovens já haviam ajudado seu pai a sair, por isso Richard acredita que eles são três anjos.

Muito falantes e humildes, os garotos devolveram a esperança que ele já não tinha mais na sociedade, e pode contar com mais tempo ao lado de seu pai. Quanto a Ryken, Ethan e Jackson, eles disseram que fizeram apenas o que aprenderam em suas casas: ajudar o próximo, independentemente da situação.


Tio superou alcoolismo para cuidar de sobrinho órfão e com deficiência. Um salvou o outro!

Artigo Anterior

Menina de 9 anos desenha “currículo” para pai desempregado e ele consegue trabalho: “Boa sorte, papai”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.