Animais

Em “ato horrível” de crueldade, cão perde a patinha, mas é salvo e ganha novo lar!

Landon foi atropelado na vizinhança, mas seu dono minimizou completamente o seu sofrimento e se recusou a levá-lo ao veterinário.



A negligência pode acabar com tudo de bom e puro à nossa volta. Ser uma pessoa responsável envolve saber exatamente quando devemos tomar uma atitude, sem nos omitir, já que, em muitas ocasiões, a omissão, por si só, já é uma forma de ação. Quando se escolhe não agir, implicitamente o indivíduo quer dizer que não liga a mínima para o que o outro sente.

Infelizmente, a negligência faz vítimas frágeis ou que, de alguma forma, pertencem às minorias. Crianças, idosos, mulheres, animais, entre outros, são sempre os principais focos de negligência e agressão.

Mesmo quando acontece um acidente, precisamos sempre estar atentos, buscando agir de maneira rápida e eficiente para salvar quem mais precisa. O cãozinho Landon passou por uma situação completamente revoltante, quando seu dono se recusou a levá-lo para atendimento veterinário quando ele foi atropelado.


O peludo estava andando pela vizinhança quando foi atropelado. Aparentemente, segundo reportagem da FOX19Now, o seu cuidador disse que “resolveria a situação sozinho”. Landon havia sofrido um trauma muito forte, uma de suas patas foi fraturada, deixando um osso completamente exposto.

Assim que chegou em casa com o animal, o dono percebeu que o ferimento era mais sério do que imaginava, e foi quando ele decidiu amputar a perna dele com uma serra caseira, sem limpar o local e tampouco anestesiá-lo.

Quando descobriu o que havia acontecido, o vizinho entrou em contato imediatamente com a ONG Adoption First Animal Rescue KY, que foi imediatamente ao seu encontro.

Direitos autorais: reprodução YouTube/FOX19News.


O homem informou que o dono havia realmente cortado a perna do animal com uma serra e que o local havia infeccionado, ficando extremamente ruim. Todos foram unânimes em dizer que, um pouco mais de tempo, poderia ter sido fatal para o pobre animal.

A diretora do abrigo, Dakota Love, disse que Landon teve a perna amputada no dia 6 de abril e, dias depois, foi diagnosticado com uma doença transmitida por carrapatos.

Ela ainda explica que o dono não usou nada para amenizar a dor do cãozinho, e só fez isso porque não queria o levar a um veterinário, “gastando dinheiro”. Dakota ainda foi firme ao informar que tentarão de todas as formas apresentar queixa na Justiça, e que esse caso não pode ficar impune.

Direitos autorais: reprodução YouTube/FOX19News.


Direitos autorais: reprodução YouTube/FOX19News.

A ONG que ficou responsável pelo Landon ainda cuidou dos seus traumas físicos e psicológicos, mas ele ainda não recebeu alta, principalmente por conta da extensão dos seus ferimentos.

A boa notícia é que Landon já tem uma nova família adotiva, que está apenas aguardando sua saída do hospital veterinário, pronta para lhe oferecer o carinho e o cuidado que ele nunca recebeu. Ninguém nunca havia visto tamanho horror quanto o que aconteceu com o cachorrinho; todos esperam que ele consiga se recuperar da melhor maneira possível.


Os homens que fazem estas 7 coisas sabem como manter um relacionamento. São maduros!

Artigo Anterior

Sem se importar com preconceito, homem vira manicure influente no país e hoje atende famosas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.