Em leilão, 200 fazendeiros permanecem calados para que um jovem possa ter sua fazenda de volta

4min. de leitura

Ainda podemos nos surpreender positivamente com a bondade das pessoas.



Alguns de nós não foram dominados pelo egoísmo e sentimento de superioridade, por isso são capazes de colocar em prática uma das características mais especiais que podemos nutrir: a empatia.

Um caso muito especial de empatia está dominando a internet. Em um leilão de terras, no estado norte-americano do Nebraska, além dos muitos fazendeiros e agricultores presentes, também estava um jovem com seu pai que, apesar de não dispor de tanto dinheiro quanto esperado, tinham uma missão muito importante: recuperar a sua fazenda.

A família de David era fazendeira havia muitas décadas, no entanto, há alguns anos, um dos familiares vendeu a fazenda da família de 80 acres a um parente mal-intencionado, e ninguém gostou da ideia, e desejava recuperar sua propriedade.


A fazenda foi colocada em leilão, e essa era a oportunidade perfeita para recuperá-la.

David e seu pai economizaram muito para poder fazer uma boa proposta, mas não estavam certos de que o conseguiriam, porque havia cerca de 200 agricultores presentes.

No entanto, pai e filho se surpreenderam ao perceber que ninguém fez outro lance depois do deles.


Os agricultores presentes decidiram que não interfeririam no objetivo de David e seu pai, para que eles pudessem recuperar a propriedade de sua família.

Esse foi um momento de muita emoção para os dois, que finalmente tiveram a oportunidade de recuperar o seu lar, que há anos havia sido tirado deles de maneira cruel.

“Eu tive dois dias profundamente humildes na minha vida (…). O primeiro foi o dia em que meu filho nasceu. O segundo foi aquele dia inesquecível na casa de leilões”, disse David emocionado.

Atitudes como essa restauram a nossa fé na humanidade, não é mesmo? E também nos fazem refletir sobre nossos próprios comportamentos. Nós brigamos e nos indispomos com as pessoas por coisas tão pequenas. Muitas vezes, fazemos questão de obter algo desejado por outra pessoa apenas para lhe mostrar superioridade, e colocamos nossos desejos egoístas na frente dos sonhos de muita gente.

Esses agricultores deram um grande exemplo de gentileza e amor ao próximo. Sua atitude foi de valor fundamental para que David e seu pai pudessem recomeçar a vida no lugar que amam. E não lhes custou absolutamente nada, apenas um momento de reflexão e empatia.

Que todos nos tornemos os “fazendeiros” da vida de alguém!

Compartilhe este exemplo em suas redes sociais!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: divulgação.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 16/01/2020 às 6:31






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.