Em nossas jornadas, enfrentamos 10 lados escuros da espiritualidade:



O caminho da espiritualidade é positivo e nos ensina grandes lições para nos tornamos pessoas melhores, mas nem sempre é fácil.

A espiritualidade tem seus próprios lados escuros que podem nos colocar para baixo, se não estivermos fortalecidos.

Abaixo estão 10 obstáculos que todos enfrentamos em nossas jornadas espirituais.

É importante ler e estar cientes deles, porque, certamente, eles o encontrarão em algum momento de sua vida.

1. Perceber que sua jornada é responsabilidade sua

Claro que também aprendemos com as jornadas das pessoas ao nosso redor, mas isso é apenas uma parte da missão. Só entramos realmente no caminho certo, quando lutamos pelo que realmente importa para nós, independentemente do que os outros possam pensar.


2. Enxergar a si mesmo e a outras pessoas e situações, sem preconceito

Nossos egos podem nos manipular e nos fazer comportar de maneira preconceituosa e julgadora. No entanto, para que possamos estar preparados para seguirmos nossa jornada espiritual, precisamos encarar o mundo ao nosso redor sem julgamentos ou preconceitos.


3. Amar até mesmo as pessoas que mais o feriram

Essa provavelmente é uma das partes mais difíceis. Como amar aquelas pessoas que nos magoaram e nos fizeram sofrer? Porém, quando crescemos e evoluímos com as experiências que nos colocaram para baixo, nossa espiritualidade desperta, fazendo com que enxerguemos a vida por uma perspectiva diferente.


4. Tentar procurar todas as respostas por conta própria

Quando decidimos seguir o caminho espiritual, nós nos deparamos com muitas questões, para as quais precisamos buscar as respostas sozinhos, dentro e fora de nós mesmos. Não é simples, e só podemos confiar em nossa própria intuição.


5. Sentir-se desconectado do mundo ao seu redor

É normal nos sentirmos desconectados das pessoas ao nosso redor quando começamos a despertar. Sentimos diversas emoções ao mesmo tempo e podemos ficar confusos.


6. Trazer à tona partes de si mesmo com as quais você não se dá bem

Para descobrirmos nosso eu autêntico, quem realmente somos, precisamos trazer à tona até mesmo as coisas que não gostamos em nós mesmos. Isso porque a cura não pode ocorrer quando não sabemos quais são nossas feridas.




7. Desenvolver um coração mais duro

Quando seguimos nosso caminho espiritual, nossos corações ganham novas camadas. Essas camadas de proteção nos mantêm mais protegidos. No entanto, não precisaremos mantê-las para sempre, e cabe a nós identificarmos qual o momento de quebrá-las. Nesse processo, nossos corações se tornam mais duros.


8. Observar a si mesmo com profundidade para se curar

Como dito acima, para curarmos nossas feridas com a espiritualidade, precisamos enxergar a nós mesmos, nossas vidas e tudo ao nosso redor com mais profundidade. Dessa maneira, nós nos colocamos no caminho para a cura.


9. Enxergar memórias que não deseja, através da meditação

A meditação traz muitos benefícios para nossas vidas, mas só podemos realmente avançar e evoluir quando pudermos nos permitir enxergar memórias que realmente não gostaríamos de recordar. O espírito nos leva a descobrir nosso lado espiritual, para que possamos nos curar e nos tornamos completos.


10. Parar de fugir

Para nos curarmos, precisamos aceitar os momentos dolorosos da vida e fornecer amor para nós mesmos e para aqueles que estão presentes em nossas memórias dolorosas. Dessa maneira, não nos ofenderemos mais com as palavras de outras pessoas e poderemos apreciar a vida de forma completa.

O caminho espiritual é cheio de dificuldades, mas, ainda assim, é o caminho mais lindo que podemos trilhar!

__________

Direitos autorais da imagem de capa: niserin / 123RF Banco de Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.