Em que lado da rua você está?

Em que lado da rua você está? Você é uma pessoa livre para escolher!

Talvez em algum momento de sua vida você tenha ouvido a frase: ”É só esperar que as coisas melhoram”. Muitas pessoas vivem essa frase como uma filosofia de vida, estão sempre adiando tomar uma decisão para um dia que nunca chega.

Se o seu perfil é estar sempre protelando suas ações, você não vive o momento presente e isso te incentiva a ficar na inércia esperando que as coisas se resolvam no futuro.

Segundo Wayne W. Dyer, a procrastinação como modo de vida é uma técnica que pode ser usada para evitar fazer qualquer coisa. Aquele que não faz frequentemente é um crítico, quer dizer, aquele que fica parado olhando os outros executarem a tarefa e depois, procuram polir filosoficamente a maneira como os outros realizam o trabalho. É fácil ser um crítico, mas ser um realizador requer esforço, risco e mudança.

Comece a observar o ambiente em que você vive, observe as pessoas ao seu redor e principalmente observe a si mesmo. Preste atenção aos seus pensamentos, suas palavras e sua ações, faça uma análise criteriosa e observe quanto tempo do seu dia nas suas relações sociais são dedicadas ao ato de criticar.

As pessoas que vivem esperando o amanhã, se iludem com a frase: “Vou fazer isso assim que tiver um pouco mais de tempo”. Nunca teremos mais tempo, pois temos todo o tempo que existe no mundo. Outro grande equívoco das pessoas é dizer: “Estou matando um pouco de tempo”.

Conforme Arnold Bennett “aquele que está constantemente matando o tempo está na verdade matando suas próprias oportunidades na vida! Já o homem destinado ao sucesso é aquele que faz o tempo render tornando-o útil”.

Você recebe do universo com o devido acréscimo aquilo que você emite para ele. Infelizmente as pessoas não tem consciência dessa lei espiritual, se você tem um compromisso com determinada pessoa e chega atrasado(a) vinte minutos, você roubou o bem mais precioso dessa pessoa, o TEMPO.

Esse tempo que passou não tem como recuperá-lo. E o universo poderá te retribuir de várias maneiras, como nestes dois exemplos: Fazendo com que a empresa onde trabalha atrase o seu salário. Se você é um empresário sua recompensa poderá ser um fornecedor atrasar um pedido ou um cliente não pagar o produto adquirido.

O universo é sábio e está sempre trabalhando para que todos tenham o devido retorno. Antes de reclamar que em sua loja não entra cliente, observe se você está com os impostos em dia, se o IPTU, água, luz, telefone não foi pago com atraso, se você não é aquela pessoa que faz uso do “jeitinho brasileiro” para levar vantagem.

Se você é um empregado observe como você está usando seu tempo dentro do seu local de trabalho. “Estou matando um pouco de tempo”, como é essa frase para você? Talvez esteja pensando, “só faço o que sou pago para fazer” e é só isso que o universo te retribuirá.

Você não trabalha para empresa X ou Y, essas organizações são apenas um meio que o universo lhe forneceu para você cumprir a sua missão. Não perca tempo fazendo corpo mole ou dizendo: “Isso não é minha atribuição”. Se determinado “problema” chegou até você é porque está na mesma frequência vibratória e é sua responsabilidade resolver.

Não passe a bola adiante antes cumprir sua missão na jogada, pois os ciclos não fechados do passado se repetirão no futuro para que se cumpra a lei. O grande mestre já dizia: “Porque em verdade vos digo que, até que passem o céu e a terra, não será omitido nem um só i, uma só vírgula da Lei, sem que tudo seja realizado”. (Mateus 5,18)

Não guarde mágoas e ressentimentos, tudo tem sua razão de ser. Talvez você acredite que o seu trabalho é de escravo, que o seu patrão é um aproveitador, mas eu te pergunto: Você consegue colher uvas em um pé de acerola? Ou colher uma manga em um pé de goiaba? Tudo acontece de acordo com a lei, e está no seu devido lugar. Você recebe de acordo com a capacidade de doar.

Esteja disponível para ficar um pouco mais no trabalho se houver necessidade e não se preocupe se o patrão não reconhecer o seu esforço, esteja apenas disposto a servir e o universo te retribuirá. Não seja aquela pessoa que fica em frente ao relógio ponto esperando a hora para ir embora. Essa atitude demonstra insatisfação com o seu trabalho e o universo vai te trazer mais situações para que você sempre seja uma pessoa insatisfeita.

Você é uma pessoa livre para escolher: de um lado da rua está à insatisfação, a procrastinação, a preguiça, o medo, a tristeza, a doença, a pobreza, etc. Esse lado da rua aparentemente parece ser mais alegre e divertido.

Na próxima esquina você poderá encontrar uma boa balada, regada a álcool, drogas e música eletrônica. Esse lado da rua não vai te exigir mudanças é mais cômodo, não requer esforço, se surgir algum problema basta apontar o dedo ao lado e encontrar um responsável.

Do outro lado da rua está, a determinação, a coragem, a fé, o sucesso, a alegria, o estudo, o servir, a felicidade, a saúde, etc. Esse lado da rua requer trabalho, mudanças de paradigmas, planejamento, manifestação de Amor, Perdão e Gratidão.

Nesse lado da rua não existem culpados, existe o Eu responsável para assumir riscos e acreditar na capacidade de realização.

Em que lado da rua você está?

 __________

Direitos autorais: <a href=’https://br.123rf.com/profile_timscottrom’>timscottrom / 123RF Imagens</a>



Deixe seu comentário