Notícias

Em queda, “Jornal Nacional” amarga pior início de ano da história

Foto: Reprodução
capa jornal

A audiência do Jornal Nacional, carro chefe do jornalismo teve seu pior quadrimestre neste ano.

Em 2021, o telejornal mais assistido do País já havia encerrado o ano com o pior índice de ibope em mais de cinco décadas e a primeira parte de 2022 começou ainda pior.

Segundo dados do Painel Nacional de Televisão (PNT), a média do JN é de 21,4 pontos e 35,1% do share (a divisão da audiência na TV brasileira para o horário), o menor de todos os tempos da atração.

Cada ponto de ibope equivale a 270 mil domicílios sintonizados.

O pior começo de ano do Jornal Nacional havia sido no ano passado, quando bateu média de 25,8 pontos e 39,2% de share. Em comparação com este ano, o cenário é ainda mais preocupante.

Na série histórica de meses com pior resultado do jornal, 2022 já abocanha quatro dos oito piores registros mensais. Fevereiro, janeiro e março deste ano são os piores da história, todos na casa dos 34% de share e ibope oscilando entre 20,9 e 21,1 pontos.

Fora do intervalo 2021-22, somente setembro de 2014 apresentou média tão baixa, com 23,3 pontos no ibope e share de 36,9%.