Emagrecer para ficar bem ou emagrecer por estar bem?

6min. de leitura

Se você quer emagrecer, seja para satisfazer sua alma, seu amor-próprio e não para fazer parte de uma sociedade padronizada pelo “o que é bonito é ser magro”.

O que mais vemos hoje são pessoas focadas em dietas. A indústria da moda nos mostra sempre que quanto mais magros, mais bonitos e elegantes somos. O que não é verdade. Pessoas são bonitas quando gostam delas mesmas.



São inúmeras as dietas que surgem e, cegos pelo emagrecimento, as pessoas as testam. O que acontece é que é fato! Algumas dietas funcionam para algumas pessoas, mas não funcionam para outras pois o nosso organismo funciona de forma diferente e o que é bom para a sua saúde pode não ser bom para a minha.

Ouvi uma pessoa linda querendo emagrecer, dizendo: “Preciso emagrecer para me sentir bem comigo mesma”.

Parei para pensar que tive oscilações em meu peso e todas elas vieram em um momento em que eu estava ansiosa ou insegura com alguma coisa. Não é uma regra para mulheres. Isso serve para muitos homens também.

Se você quer emagrecer, seja para satisfazer sua alma, seu amor-próprio e não para fazer parte de uma sociedade padronizada pelo “o que é bonito é ser magro”. Se você se ama acima do peso, está ótimo também e se não está, veja os motivos que o (a) fizeram chegar ao peso atual. Pode ser emocional e pode ser porque seu corpo não responda bem a determinados tipos de alimentos.


Se a questão for saúde, oriento que, primeiro, procure um médico, mas saiba: seu corpo também avisa quando algo não o (a) faz bem. Inchaços, desconfortos. Por que insistir em comer algo que, na certa, gerará desconforto estomacal/intestinal? Preste atenção em você. Prestar atenção é olhar para si, é ter amor-próprio.

Amor-próprio independe do peso na balança; ame-se e cuide-se, mesmo que esteja fora do peso ideal, idealizado por você e não pela sociedade.

Cuidar de si mesmo também não significa usar todas as roupas que aparecem na televisão, encher-se de maquiagens, ou não usar nada, absolutamente. Não há uma regra. Faça aquilo que possa deixá-lo (a) bem, faça aquilo que o (a) deixe mais feliz consigo.

Olhe ao seu redor. Você vive onde realmente quer estar? Você tem ao seu lado pessoas que o (a) fazem bem e o (a) aceitam como você é? Pessoas que combinam com seu jeito de ser?


Não dê atenção às opiniões de pessoas que deixam seu coração apertado, ouça as pessoas que acreditam em você e fazem feliz o seu coração.

Tire a ansiedade do seu peito. Tire o foco da sua dieta e mude seus hábitos! Dietas rápidas resolvem um problema atual, mas não a longo prazo e um dia você vai precisar dela novamente.

Tenha o hábito de amar-se diariamente e tire do seu caminho tudo que o (a) impeça de olhar para si com amor.

Estar feliz o (a) fará chegar ao seu peso ideal; não só porque os quilos sumiram na balança, mas porque você se satisfaz com o que você é quando se vê.

Comece a se amar agora mesmo! As outras conquistas vêm aos poucos. Crie hábitos saudáveis. Para alguns, é ir à academia; para outros, ouvir música, sair para dançar, ler um livro, dançar na sala de casa, conversar com quem nos faz bem. Estude! Procure pequenos hábitos que preencham a sua mente vazia de bons pensamentos.

Ame, ame tanto que não terá tempo para pensar em autodestruição. Seja aquilo que gostaria de ver e comece a se cuidar por onde é mais fácil. As outras conquistas virão. Um passo de cada vez.

Saia agora e olhe o mundo lá fora com atenção! Veja a beleza que existe onde está. Respire fundo e lembre-se das pequenas conquistas, até as grandes! Veja quanto tempo passou focando em pequenos problemas sem perceber que também haviam coisas belas para agradecer! Olhe o céu!

Agora, olhe-se no espelho! Veja quantas coisas belas há em você! Tenho certeza que elas existem. Foque nelas, foque no que acredita precisar e não apenas no corpo, mas também na alma.

Veja o que você queria pronto e comece a fazer! Anime-se! Nada melhor do que você mesmo para se dar força! Você verá o quão autossuficiente é. Não faça dietas rápidas! Faça  tudo com amor e devagar.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: yacobchuk / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.