ColunistasEspiritualidade

Emanuel, Deus conosco

Emannuel capa

Quando o anjo do Senhor anunciou a José o nascimento de Jesus, disse-lhe: “Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que quer dizer Deus Conosco.” (Mt 1.23)



As cidades, os lares, tudo se veste de luzes, as lojas se enfeitam de presentes para todos os gostos, as pessoas buscam preencher o vazio da vida acelerando as compras desenfreadas.

Umas se preocupam em dar presentes; outras, apenas receber; as crianças se enchem de esperanças. Chegou o Natal! Há comemorações comerciais, apenas isso!


Milhares de pessoas perdidas num vai e vem pelas ruas; de tão vazias, não conseguem nem distribuir amor, porque perderam há tempos a doçura do sentimento do Natal.

E onde fica o verdadeiro sentido do Natal?

Grande parte da humanidade reflete e sente a presença de Jesus somente em dezembro. Dezembro é sim um mês especial, porque um dia o anjo do Senhor disse: “Não temais, eis que estou convosco e vos trago boas novas de grande alegria, que serão para todo o povo.” (Lc 2.10). Ele anunciava a vinda do Senhor Jesus.

Seria tão bom se as pessoas pudessem sentir o significado verdadeiro do Natal que se celebra em dezembro, e assim diariamente cada um pudesse tomar posse do presente maior que nos foi dado gratuitamente pela graça do Pai Celestial, quando nos enviou o Seu filho Jesus.


Quando o anjo do Senhor anunciou a José o nascimento de Jesus, disse-lhe: “Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que quer dizer Deus Conosco.” (Mt 1.23)

Natal não é uma celebração de árvores gigantescas, enfeites brilhosos, presentes, presentes, mesas fartas, compras que sobrecarregam o cartão de crédito, que sobrecarregam nossos sonhos depois que passa o Natal. E vamos continuar vazios de esperanças.

Natal é doar-se por inteiro, todos os dias, praticando a caridade nos gestos diários de amor e comunhão.

É Natal, vamos nos juntar aos anjos e dizer: “Eu vos trago nova de grande gozo e paz. Porque um filho se nos deu, o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade e Príncipe da Paz.” (Isaías 9.6)


Proclamemos Cristo a todo o mundo, Ele é o Emanuel, Deus Conosco, Deus presente hoje e eternamente.

Que possamos nos alegrar e celebrar Cristo, que nasceu por mim, por você, nossa Estrela maior, que morreu pelos nossos pecados para nos garantir a salvação.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Juan Carlos Leva/Pexels.


Durma lagarta e acorde borboleta!

Artigo Anterior

Um amor que se destrói por mentiras não se reconstrói com desculpas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.