ColunistasReflexão

Empatia: ser empático é ser leve, é ser completo!

EMPATIA capa e dentro

Muito se fala, virou moda e todo mundo faz questão de afirmar que é! Pois bem, empatia está ai no fronte… Mas, realmente qual o seu significado e o quanto as pessoas estão dispostas a realizá-la em sua totalidade?



Segundo o site Wikipédia, empatia, substantivo feminino (o que vamos combinar, já traz uma certa complexidade a palavra) é a capacidade de entender e sentir o que a outra pessoa está experimentando partindo da sua referência. Em outras palavras, seria o exercício afetivo e cognitivo de buscar interagir percebendo a situação sendo vivida por outra pessoa além da própria situação. O termo que advém do grego EMPATHEIA, formado por “EN” (em) + “PATHOS” (emoção, sentimento). ”

Hoje vivemos em uma sociedade que tenta de todas as formas mostrar-se politicamente correta. A tolerância e o aceite a diversidade tem uma forte tônica neste processo. Mas será mesmo que estamos conseguindo ultrapassar o âmbito da palavra? Nossas ações condizem com o “ser empático”?

Temos muitas verdades e muitas vezes descolarmos delas e entender o momento do [email protected] é complicado. Imediatamente criamos um modelo mental a partir de nossas experiências e conhecimento. Mas será que o [email protected] vê e sente da mesma forma e intensidade? Acredito que não! Cada um tem a sua própria estória. Está ai a empatia!


Ser empático não traduz apenas situações negativas ou pesadas. É também, vibrar na conquista e entender o revés.

Ser empático não necessariamente demanda mover montanhas ou ter um esforço gigantesco. Pode ser transmitido apenas por um sorriso, um olhar de acalanto, um abraço que afaga. Uma palavra de incentivo ou conforto, carinho, de apoio de #tamujunto!

Ser empático é ser leve, é ser completo e ser mais que a ponta do iceberg. É estender a mão e depois perguntar por quê! A vida em movimento e acontece o tempo todo. Cumplicidade!

Empatia não tem idade, cor, gênero, religião ou partido político. Não estamos mais na ditadura tema central da música Roda Viva do Chico Buarque, mas vivemos numa roda vida!


“Roda mundo, roda-gigante/Rodamoinho, roda peão/o tempo rodou num instante nas voltas do meu coração. ”

Por: Patrícia Bertão

“e o que eu te desejo é que você desfrute toda particularidade desse sentimento…”

Artigo Anterior

“eu”, quando crescer, quero seu ‘’eu’’! é sublime ser protagonista da própria vida!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.