Notícias

Empregado que deu cadeirada em assaltante é eleito ‘funcionário do mês’ após impedir roubo

Uerlisson Lessa, o funcionário que ficou conhecido por impedir um assalto ao dar uma cadeirada contra o suspeito, recebeu o título de “Funcionário do Mês” na padaria onde trabalha em Porto Velho.



A “premiação” foi feita neste fim de semana, após centenas de pedidos de internautas.

A tentativa de roubo aconteceu na última quinta-feira (23), e o vídeo da câmera de segurança que viralizou nas redes sociais mostra o momento que o suspeito aborda a funcionária do caixa e passa a pegar dinheiro. Nesse momento, Uerlisson pega uma cadeira de madeira, chega por trás do suspeito e dá um golpe na altura das costas e da cabeça.

Segundo a padaria, a balconista que aparece no vídeo sendo roubada é a esposa de Uerlisson. Uma funcionária contou à polícia que o suspeito entrou na padaria se passando por cliente, pegou pães e, no momento de pesar a sacola no caixa, mostrou parte da arma que carregava para a atendente e anunciou o assalto. Após levar a cadeirada, o suspeito acabou sendo imobilizado e detido pelos funcionários.


Em entrevista ao g1, o proprietário da padaria, Henderson Cahú, disse que a categoria “funcionário do mês” não existia na empresa. No entanto, depois de o vídeo viralizar e a pedidos de internautas, decidiu fazer uma homenagem ao trabalhador.

“Nos não temos essa situação de funcionário do mês por aqui. Mas, após o ocorrido, vimos nas redes sociais muitas pessoas falando que ele deveria ser o funcionário do mês. Resolvemos fazer isso”, afirmou Henderson.

Nas redes sociais, em tom de brincadeira, a padaria escreveu a mensagem: ‘O terror dos assaltantes de pvh [Porto Velho]! Quer levar uma cadeirada?’

Desde que o vídeo viralizou, vários memes surgiram nas redes sociais.


“A gente entrou na brincadeira depois dos vários memes nas redes sociais. Tiramos uma foto dele com a cadeira e fizemos e colocamos no Facebook o reconhecendo como funcionário do mês”.

Após a publicação da foto de “funcionário do mês” em uma rede social, usuários reagiram de forma positiva. Um internauta escreveu: “Esse foi corajoso” . Outro disse: “Um herói”, e um terceiro ainda colocou: “Esse merece ser funcionário do ano todo”.

Polícia alerta


Mesmo que no caso da padaria o suspeito tenha sido imobilizado, a Polícia Civil recomenda que as pessoas não reajam em nenhum momento durante o assalto, pois a reação pode levar a um homicídio.

As autoridades policiais ressaltam ser necessário procurar uma delegacia ou entrar em contato pelo 190, que fará o trabalho.

“Sem ser gravado é muito pior”, declara Duda Reis sobre expulsão de Nego do Borel de “A Fazenda”

Artigo Anterior

Jovem desiste de ser o ‘Ken Humano’ e diz que ‘estava se perdendo’ com as transformações

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.