publicidade

Empresário de SP humilha manobrista: “O que você ganha em um mês, eu gasto em um dia”

Visivelmente alterado, o empresário Tiago Zoain Gonçalves, de 40 anos, ofendeu e ameaçou um manobrista que apenas se ofereceu para estacionar o seu veículo em um local correto.



Infelizmente, ainda existem muitas pessoas que, por estar numa posição social melhor do que outras, se acham no direito de humilhar e tratar mal quem está à sua volta. Um exemplo de tamanha arrogância e preconceito ficou claro num episódio revoltante, que ocorreu na cidade de Campinas (SP).

Um empresário foi filmado humilhando e ameaçando de morte um manobrista de um bar. Entre a série de ofensas do empresário ao trabalhador, o homem chegou a dizer que o que o manobrista “ganha em um mês ele gasta em um dia”.

Tudo começou quando o empresário Tiago Zoain Gonçalves, de 40 anos, estacionou seu veículo na calçada do bar, o que é proibido por lei, sendo informado logo em seguida que não poderia parar ali. O manobrista, Jailton do Nascimento, de 30 anos, ofereceu-se para levar o carro ao lugar correto, mas, em vez de agradecimento, o que ele recebeu foi uma série de ofensas e ameaças.

No vídeo feito por um dos clientes do bar, Tiago Gonçalves aponta para Jailton e faz o sinal de arma com a mão, algumas vezes, enquanto repete uma série de ofensas e diz que vai “pegar um cano” no carro e dar um tiro na cabeça do trabalhador, que só estava cumprindo sua função.


Em entrevista concedida à EPTV, reproduzida pelo portal G1, a vítima contou que nunca teve problemas ou foi ofendida por clientes, desde que começou a trabalhar no estabelecimento, há um ano. Jailton relatou que, mesmo sem saber se o que o empresário estava dizendo era verdade, ficou com muito medo de ser morto a tiros.

A Polícia Militar foi acionada e não encontrou nada no veículo, mas o trabalhador foi orientado a registrar um boletim de ocorrência por injúria e ameaça. Abalado, Jailton disse à reportagem que se sentiu impotente diante das ameaças gratuitas do empresário.

Direitos autorais: reprodução/EPTV/G1.

Sua primeira reação foi ficar quieto e abaixar a cabeça, enquanto ouvia tamanhos absurdos. “Não desejo que ninguém passe por isso”, contou. Após o ocorrido, Jailton procurou um advogado e disse que vai processar o empresário para que a situação vivida por ele não fique impune.


Ninguém tem o direito de humilhar ninguém, só porque tem melhores condições financeiras. A honestidade e dedicação de Jailton são os seus bens mais valiosos e os quais dinheiro nenhum pode comprar. O futuro desse trabalhador guerreiro ainda será de muito sucesso!

Você também se indignou com a situação vivida pelo manobrista? Responda nos comentários.

Não deixe de compartilhar essa história nas suas redes sociais.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.