Pessoas inspiradoras

Empresário que faliu e chegou a comer lixo consegue emprego como garçom: “Ainda vou ser milionário.”

Foto: Arquivo Pessoal
Capa Facebook Empresario que faliu e chegou a comer lixo consegue emprego como garcom Ainda vou ser milionario.

Márcio Rodrigues foi um empresário que faliu e começou a se reerguer vendendo água no litoral paulista.

Muito se fala das grandes histórias de sucesso, principalmente daquelas pessoas que, aparentemente, não tiveram uma falha sequer no seu caminho em direção ao sucesso. Como diria o poeta Fernando Pessoa, “Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo”. A célebre citação é antiga, mas ilustra muito bem um sentimento que a humanidade carrega até hoje e que vem se exacerbando com o compartilhamento de vidas perfeitas na internet: só temos acesso aos “melhores momentos” da vida dos outros, raramente vemos história de quedas. Sabemos que errar é humano e que ninguém é infalível, mas ver essas histórias impecáveis pode nos fazer sentir como se fôssemos os únicos que não sabem se virar.

Mais histórias de fracasso deveriam ser compartilhadas, não para nos lamentar, mas para aprender com elas. Muitas vezes, alguém pode chegar ao topo e decair ou alguém demorar muito e até mudar de ideia sobre aonde chegar. Precisamos saber e ver que existe mais do que somente a vitória para nós.

O caso de Márcio Rodrigues é um que pode nos ensinar muito, contanto que prestemos atenção a todos os momentos da sua trajetória, desde a ascensão, a queda e a volta por cima. Rodrigues pode ser mais conhecido no litoral de São Paulo por vender água gelada em semáforos, mas poucos sabem que o homem de 49 anos foi um empresário de sucesso e que está se reerguendo da falência, trabalhando como garçom num hotel de Santa Catarina.

De acordo com informações do G1, Márcio viajou pelo país vendendo água, até que finalmente recebeu a proposta de ter um emprego estável em Santa Catarina. O agora garçom se recorda de que, apesar de vender bem seu produto nas cidades da Baixada Santista, ele queria conquistar mais, por isso partiu rumo a Curitiba (PR), para vender água nos semáforos de lá. Balneário Camboriú (SC) foi seu próximo destino em busca de novas oportunidades. Logo que chegou à cidade catarinense, recebeu a proposta de emprego no hotel, e não pensou duas vezes em aceitar. Confiante, o homem disse que tem certeza de que um dia ainda será milionário.

2 Empresario que faliu e chegou a comer lixo consegue emprego como garcom Ainda vou ser milionario.

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Momentos difíceis

Apesar de sua garra imparável, Márcio lembra do sofrimento ao se reinventar. Rodrigues era um empresário bem-sucedido, faturando cerca de R$ 10 mil por mês. Tinha uma vida confortável financeiramente, até que seu empreendimento faliu. Ele se recorda do período como um tempo muito doloroso. Com dificuldades financeiras, Márcio se lembra de que houve até um momento em que precisou pegar lixo para comer.

O homem aprendeu naqueles momentos de sofrimento quem era as pessoas que se importavam com ele verdadeiramente, independentemente de seu capital. Aqueles que ele tinha como colegas não lhe estenderam a mão quando precisou e muitos que juraram estar do seu lado simplesmente sumiram.

3 Empresario que faliu e chegou a comer lixo consegue emprego como garcom Ainda vou ser milionario.

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

O homem fala que sua primeira ação para mudar a situação foi vender água nos semáforos, o que o tirou do “fundo do poço” e lhe permitiu se sustentar minimamente naquele período de incerteza.

Como garçom, Márcio dá mais um passo rumo à realização do seu sonho de ser milionário, pois tem renda fixa todo o mês em um emprego com estrutura. O homem disse que, embora o sofrimento ainda o acompanhe, às vezes, ele continuará lutando para dar a volta por cima.

Sua história nos mostra que existe uma vida para além do “dar certo” ou “dar errado”, e prova que não há hora certa para se reinventar — a necessidade faz o homem.

0 %