ColunistasEspiritualidade

Encontre o seu santuário!

encontre o seu santuário

Há algum tempo atrás fui convidada de surpresa para palestrar em espaço que já palestrava com certa regularidade.



Já tinha umas ideias em mente, baseada em três livros que tinha lido recentemente. Coloquei tudo na mesma linha de raciocínio e fui.

Falei sobre equilíbrio interior.

O interessante é que as leituras de apoio foram: “Encontre o seu santuário” de um monge inglês, “Medo” do Osho e “Eu sou as escolhas que faço”, da Elle Luna.


Fiz questão de falar pra quem me ouvia, que nenhum dos livros tinha vínculo, que cada autor era de um lugar do planeta, com crenças completamente diferentes.

Apesar de todas essas diferenças, tudo nos levava para um mesmo pensamento: fazer o que gostamos, sem medo de enfrentar as barreiras e começando justamente pelo nosso interior.

O título da palestra foi o mesmo do livro do monge “Encontre o seu santuário”, fiz isso para mostrar que, de modo geral, as pessoas acham que santuário precisa ser um lugar físico, um prédio, de preferência com uma cruz, e não, o santuário começa dentro de nós, o prédio é apenas uma extensão — opcional.

De nada adianta ir toda semana à missa, ao culto, seja lá o nome que sua crença dá aos encontros semanais, se durante o restante dos dias você emana ódio, dissemina fofocas, reclama de tudo. As missas, cultos, palestras, reuniões têm a função de fortalecer você, de instruí-lo, não de o redimir das atrocidades que faz nos intervalos entre elas.


Li uma definição de Deus um tempo atrás e achei genial: “Eu já cansei de repetir que só tem um [Deus], mas ele tem várias roupinhas e diversos amiguinhos.”

Ou seja, não importa como o seu deus é representado, como ele fala com você, quais as suas práticas religiosas, o que você considera sagrado. Todas as crenças têm como pano de fundo propagar o amor e incentivar a prática do bem.

Se cada ser humano focar nisso e parar de palpitar ou, como diria minha mãe “meter o bedelho” nas crenças dos outros certamente o planeta será um lugar mais legalzinho de habitar.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.

Um dia você vai entender o porquê de tudo ter sido exatamente do jeitinho que foi

Artigo Anterior

O poder do foco: tudo é uma questão do quanto você quer e o quanto está disposto a fazer para conseguir

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.